QualificAPSUS realiza oficina sobre segurança dos pacientes e profissionais

23 de Maio de 2016

A Secretaria da Saúde do Estado, através do Projeto de Qualificação da Atenção Primária à Saúde (QualificAPSUS Ceará), promove nesta terça-feira (24), das 8 às 18 horas, e quarta-feira (25), das 8 às 13 horas, a quinta Oficina Estadual de formação dos 400 facilitadores que atuam nos 162 que aderiram ao projeto. A oficina, que será realizada no Hotel Romanos, em Fortaleza, tratará das “Ações de prevenção e gerenciamento dos microprocessos de risco na Atenção Primária à Saúde”. Os microprocessos básicos guardam relação direta com a garantia da prestação de serviços de qualidade relativa à segurança dos usuários e da própria equipe de saúde, envolvendo recepção, acolhimento e preparo; vacinação; curativo; farmácia; coleta de exames; procedimentos terapêuticos; higienização e esterilização; e gerenciamento de resíduos.

Para a sua implantação, os microprocessos precisam ser mapeados e redesenhados. Em seguida são elaborados os procedimentos operacionais padrão (POP), com garantia de auditoria periódica. No Projeto QualificaAPSUS Ceará haverá certificação das equipes da atenção primária nos municípios com selos de qualidade. A primeira etapa corresponde ao Selo Bronze, que tem foco na segurança do usuário e da equipe de saúde. A quinta oficina abordará o gerenciamento dos microprocessos de risco, bem como as ações de prevenção. Também serão disponibilizados exemplos de POPs para cada município discutir com suas equipes o mapeamento e organização desses microprocessos.

A oficina faz parte do Projeto QualificaAPSUS Ceará, lançado pela Secretaria da Saúde do Estado em janeiro deste ano, com o objetivo de subsidiar a reorganização do modelo de atenção a partir da reestruturação da Atenção Primária nos municípios e, consequentemente, da implantação e implementação das Redes de Atenção. As seis oficinas previstas até 1º de julho são intercaladas com a tutoria para a aplicação dos conteúdos teóricos na prática diária das equipes da atenção primária na unidade básica de saúde. Os participantes das oficinas farão a replicação dos conteúdos nos municípios, com o apoio das Coordenadorias Regionais de Saúde (CRES), e atuarão como facilitadores na reestruturação da atenção primária.

O processo de implantação do novo modelo de atenção à saúde no Ceará contará com o Instrumento para Avaliação da Qualidade na Atenção Primária à Saúde, que atribuirá os selos bronze, prata e ouro às equipes de saúde que alcançarem os padrões de qualidade esperados das unidades básicas de saúde. O instrumento de avaliação vai possibilitar a verificação do estágio de desenvolvimento alcançado pelas unidades de saúde, identificar e corrigir as não conformidades, bem como desenvolver planos para melhoria contínua. Serão definidas unidades laboratórios em que serão implantadas as mudanças estruturais e processuais com a participação de tutores.    

Mais informações com o Núcleo de Atenção Primária da Coordenadoria de Políticas e Atenção à Saúde (NUAP/COPAS): (85) 3101.5265/ 3488.2135 / 3101.5155 / qualificaapsusce@gmail.com

23.05.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Assinatura coornenadoria matérias