Promoção de 61 militares marca os 181 anos da Polícia Militar do Ceará

24 de Maio de 2016


A solenidade foi presidida pelo governador Camilo Santana nesta terça-feira (24), no Palácio da Abolição, em Fortaleza

R ARI3161A solenidade dos 181 anos de fundação da Polícia Militar do Estado do Ceará, nesta terça-feira (24), no Palácio da Abolição, contou com a promoção de 55 policiais e seis bombeiros militares, totalizando 61 promovidos. A maioria deles entrará para a reserva pelo critério de promoção requerida. Eles foram beneficiados pela lei, sancionada pelo governador Camilo Santana, que regulamenta as promoções no Estado, garantindo a ascensão na carreira militar ao longo do tempo.

r20160524163308  MG 5979Tertuliano da Costa Nobre, promovido a coronel, destacou o longo caminho até chegar à atual patente. “Essa promoção veio praticamente no final da minha carreira como militar. Sirvo há mais de 30 anos e esse reconhecimento antes vinha com certa dificuldade, existia até a possibilidade de eu me aposentar e não ser promovido. Ao ingressar nessa carreira, sonhamos alcançar o último posto, e ir para a reserva sem conseguir isso é frustrante, era o que vinha acontecendo com muitos de nós. Ao ver a situação ser revertida, é gratificante, a sensação é só de alegria para nós e nossas famílias que nos acompanham por todo esse processo”, disse.

R ARI2975Também promovido a coronel, João José Viana da Silva ressaltou a importância do reconhecimento da categoria. “Esperávamos por esse momento há aproximadamente 10 anos e meio. Sem dúvida é um reconhecimento da nossa categoria por parte das autoridades, em especial o Governo do Estado, que nos permite estar aqui, garantindo a nossa ascensão profissional”, afirmou.

R ARI3144O governador Camilo Santana destacou a importância da valorização da corporação para a segurança pública do Ceará. “Desde que assumi o governo tenho trabalhado dia e noite. Tenho feito todo o esforço possível para diminuir as dificuldades em meio a tempos difíceis. A Lei de Promoções no ano passado promoveu quase nove mil militares. Foram 10 eventos por todo o Ceará e vivi alguns dos momentos mais emocionantes ao longo da minha vida,  e essa promoções vão continuar por todos os anos. É a oportunidade de valorizar esses profissionais. Nenhum Estado fez algo parecido. E não existe nenhuma profissão que exige mais do que a de um policial, pois ele coloca a vida em risco para proteger nossos cidadãos. Portanto, todas as homenagens, agradecimentos, serão pouco para agradecer”, disse.

A cerimônia também contou com a entrega de 34 medalhas do Mérito Militar e 150 medalhas José Martiniano de Alencar para militares que prestaram importantes serviços ao longo dos anos, além da exibição de um vídeo em homenagem ao aniversário da corporação.

Camilo Santana reforçou a necessidade do espírito de união para a continuidade do trabalho. “É com enorme satisfação que participo dessa cerimônia de 181 anos da Polícia Militar. É uma história de muitos desafios e conquistas, com guerreiros e guerreiras que fazem a instituição, além do povo cearense que a reconhece como competente e honrada. Como comandante maior dessa tropa, tenho orgulho de fazer parte dessa família, e como toda família, é importante que estejamos juntos nos bons e maus momentos para enfrentar as batalhas com mais força em busca das vitórias”, completou.

Também estiveram presentes na cerimônia a vice-governadora Izolda Cela; o secretário de Segurança do Estado, Delci Teixeira; o chefe da Casa Militar, coronel Túlio Studart; o secretário do Planejamento, Hugo Figueirêdo; a secretária da Controladoria Geral de Disciplina (CGD); Socorro França; o presidente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Eudoro Santana; o comandante Geral da PM, Giovanni Pinheiro; o comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Eraldo Pacheco; o secretário municipal de Segurança Pública, Francisco Arruda; os deputados estaduais Tin Gomes e Capitão Wagner; o desembargador Tarcílio Sousa; o vereador Iraguassu Teixeira; entre outros.

Lei das Promoções

Assinada pelo governador Camilo Santana em 22 de abril de 2015, a Lei das Promoções foi aprovada por unanimidade pelos deputados e sancionada no dia 25 de maio do ano passado, durante a solenidade de comemoração dos 180 anos da Polícia Militar do Ceará. A medida institui um fluxo regular e automático na carreira dos oficiais e praças estaduais.

A principal novidade do projeto é a extinção do limitador de vagas para ascensão. Ou seja, quem cumpriu o interstício (tempo mínimo de permanência no posto para ser promovido) pode concorrer ao benefício. Toda a tropa está apta a ser promovida. A lei permitiu a promoção na carreira de 8.891 profissionais no ano passado.

Histórico da PMCE

Em maio de 1835, o presidente da província do Ceará, padre, senador vitalício e orador sacro, José Martiniano de Alencar, preocupado com a segurança e o bem estar dos habitantes da Província do Ceará, assinou a Resolução Provincial nº 13, criando a Força Pública do Ceará, embrião da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

A partir de 4 de janeiro de 1947 passou então à denominação atual, a partir da entrada em vigor da constituição de 1946. Seu primeiro comandante foi o tenente do Exército Brasileiro Tomaz Lourenço da Silva Castro, de 1835 a 1839.

A instituição está presente em todo o Estado com suas diversas unidades e subunidades operacionais distribuídas de forma estratégica, com mais de 17 mil homens e mulheres do efetivo distribuídos por todos os 184 municípios cearenses.

24.05.2016

Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem

Fotos: Tiago Stille e Ariel Gomes / Governo do Ceará

Assinatura coornenadoria matérias