Saúde debate desafios e perspectivas das ouvidorias no Nordeste

31 de Maio de 2016

Nesta terça-feira (31), o Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, do Ministério da Saúde, e a Ouvidoria Geral da Secretaria da Saúde do Estado, realizam até as 17 horas, o I Encontro Regional das Ouvidorias do SUS da Região Nordeste, no Hotel Plaza Praia Suítes. Participaram da mesa de abertura o secretário da Saúde do Estado, Henrique Javi, a diretora do Doges, Eliana Pinto, e a ouvidora da Sesa, Fátima Lustosa.

Henrique Javi tratou da importância da participação do cidadão na construção da condição saudável, no desenvolvimento do SUS, e o papel Ouvidoria como um canal nesse processo. “Quando a gente vai falar sobre saúde, a gente tem que lembrar do cidadão, da cidadania. E esse exercício de cidadania, simbolicamente, o sistema nacional de Ouvidoria tem a finalidade de visualizar, que é uma forma de fortalecer o cidadão, esse canal, e ser um agente ativo dentro do processo de construção que nós buscamos, que é a condição saudável. O sistema de Ouvidoria deve ter a sensibilidade de perceber qual que é a história que o cidadão tem pra contar, da sua experiência com o SUS”, ressaltou.

O I Encontro Regional das Ouvidorias do SUS da Região Nordeste faz parte de uma série de encontros regionais de ouvidorias do SUS nas cinco Regiões e um Encontro Nacional, que será realizado em Brasília. Os encontros contemplam a agenda positiva estabelecida pelo Doges que objetiva fortalecer a participação entre as ouvidorias do SUS, promover a interação e a discussão de temas relevantes referentes aos desafios e perspectivas das ouvidorias na região Nordeste, assim como alinhar procedimentos, práticas, procedimentos internos, normativos e troca de informações e experiências para que o serviço evolua e se fortaleça em todas as regiões brasileiras. “Esse I Encontro Regional tem como objetivo trazer a experiência do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS, do Ministério da Saúde, mas também colher as experiências das ouvidorias de saúde municipal. Aqui no Ceará tem uma experiência exitosa de ouvidoria pública, e essa experiência pode ser replicada, pode ser fortalecida não só para a região do Nordeste. Nós queremos fazer troca, fortalecer, estimular o gestor público a criar cada dia mais uma unidade de ouvidoria na sua gestão municipal e estadual”, falou.

Para Fátima Lustosa, ouvidora da Sesa, a realização do encontro regional não apenas fortalece a participação dos servidores públicos do SUS como também é essencial para as ouvidorias enquanto instrumento de gestão. “Reafirmamos o nosso compromisso de descentralização das ouvidorias do SUS, apoiando a implantação e implementação de ouvidorias nos municípios, nas unidades de saúde pública”. A Ouvidoria da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará é a instância administrativa responsável por acolher solicitações, reclamações, denúncias, elogios e sugestões dos cidadãos em relação aos serviços prestados pela Secretaria, além de fornecer informações e orientações em saúde. É um canal de comunicação entre o cidadão e o SUS, possibilitando que as manifestações da população sirvam para melhorar a qualidade dos serviços de saúde, permitindo a construção de uma sociedade mais informada e participativa.

Seminário no dia 3 de junho

No XXXII Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), o Departamento de Ouvidoria Geral do SUS estará à frente do Seminário “A Ouvidoria e o Fortalecimento da Gestão Municipal do SUS”, no dia 3 de junho de 2016, das 8 às 12 horas. O seminário será um espaço em que a diversidade de todo o país dialogará com o papel e a missão das ouvidorias do Sistema Único de Saúde no sentido de aprofundar temas essenciais da gestão para a existência e consolidação do SUS nos municípios. O Doges também participará do estande do Ministério da Saúde, onde distribuirá publicações sobre a gestão das Ouvidorias do SUS em todo o país. O DOGES foi criado em 2003 e integra a Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP) do Ministério da Saúde. Desde então, tem sido um canal democrático de estímulo à participação social, disseminação de informações em saúde e mediação entre o cidadão e os gestores do SUS para suprir e satisfazer as necessidades do usuário.

31.05.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

 

Assinatura coornenadoria matérias