Juventude em Ação é destaque na oitava reunião do Conselho de Políticas sobre Drogas

13 de julho de 2016 # # # # # # # #

Conselheiros destacam a importância da prevenção às drogas focada em crianças e jovens

A apresentação do programa de prevenção às drogas Juventude em Ação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) movimentou a oitava reunião ordinária do Conselho Interinstitucional de Políticas Públicas sobre Drogas (Cipod), gestão 2015-2017. O encontro aconteceu na manhã desta quarta-feira (13), no auditório da SPD.

A gerente do Sistema Integrado de Prevenção (SIP) / Juventude em Ação da SPD, a psicóloga Miriam Rivalta Barreto, realizou a explanação sobre o programa, que constitui-se numa iniciativa pioneira do Estado do Ceará, através da Secretaria, sendo destinado a jovens do ensino médio da rede pública, além de alcançar suas famílias e lideranças comunitárias.

Em sua primeira fase, o Juventude em Ação chegou a sete municípios cearenses, sendo desenvolvido em 19 escolas e beneficiando 11.952 estudantes. Na fase seguinte, já em andamento, alcançará 28 escolas de ensino médio de 11 municípios do Estado, favorecendo 16 mil alunos. O programa proporciona um espaço dialógico reflexivo, afetivo e respeitoso sobre as diferentes questões que permeiam a prevenção às drogas.

O ponto de partida do Juventude em Ação é a aplicação do jogo interativo retrô ‘Na trilha da Prevenção’, que proporciona a discussão de mitos e verdades sobre as drogas. O programa segue com a realização de uma série de práticas artístico-culturais com foco na prevenção, ações de responsabilidade social e rodas de terapia comunitária. Alunos são selecionados como multiplicadores para levar o programa para as escolas não contempladas no seu município. A relação indivíduo / contexto social é fundamental na metodologia.

Encantados com o programa, os conselheiros presentes sugeriram a ampliação do Juventude em Ação para todo o Estado, inclusive alcançando outras instituições que agregam jovens em atividades diversas na medida em que contribui para o protagonismo juvenil no tocante à prevenção às drogas, além de favorecer a cooperação entre famílias, lideranças comunitárias e escolas na ampliação de vínvulos saudáveis e de relações de entre-ajuda.

Ainda na reunião do Cipod, o fundador no Ceará e coordenador estadual do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), coronel Austragésilo Rodrigues Lima, abordou o desenvolvido da ação pela Polícia Militar no Ceará. O Proerd existe no Estado há 15 anos, levando informações sobre prevenção às drogas para crianças da faixa etária de 9 a 12 anos, através de dinâmicas de grupo, teatralizações, brincadeiras, músicas e atividades lúdicas, numa nova forma de abordagem policial.

Desde a sua implementação no Ceará, o Proerd já beneficiou mais de 450 mil estudantes em quatro mil escolas distribuídas em 100 municípios do Estado, com a participação de 63 PMs instrutores. O coronel Austragésilo Rodrigues aproveitou a oportunidade para reforçar a importância da parceria do programa com a SPD a fim de que mais estudantes cearenses possam ter acesso a informações sobre prevenção às drogas, adotando hábitos saudáveis e desenvolvendo o pensamento crítico e outras habilidades para a vida.

Campanha

Os conselheiros do Cipod também tiveram a oportunidade de inteirar-se sobre a campanha ‘Cerveja também é álcool’, levada à frente pelo Ministério Público (MP) do Estado de São Paulo e apoiada pelo MP no Ceará. A promotora de Justiça Isabel Porto pediu o apoio dos demais conselheiros à campanha e lembrou que o consumo de cerveja entre os jovens está bem acima da média de outras faixas etárias e ocorre cada vez mais precocemente. A conselheira disse ainda que o Estado não pode ser o indutor do consumo, admitindo, por meio das concessões de rádios e televisões, propagandas que mentem e iludem a população.

Segundo Isabel Porto, o objetivo da campanha é a coleta de assinaturas para um projeto de lei de iniciativa popular que altera o parágrafo unico do art. 1º da Lei 9.294/96, nos seguintes termos: Art. 1º (…) Parágrafo único. Consideram-se bebidas alcoólicas, para efeitos desta Lei, as bebidas potáveis com teor alcoólico superior a meio (0,5) grau Gay Lussac. Justificativa: a atual redação da lei exclui das restrições à publicidade as bebidas de teor alcoólico igual ou inferior a 13 graus Gay-Lussac, como as cervejas, o que contraria a Constituição Federal (art. 220, § 3º, II) e contribui para o consumo indevido de bebidas alcoólicas por crianças e adolescentes. Todas as informações sobre a campanha podem ser obtidas através do site www.cervejatambemealcool.com.br

A programação do encontro do Cipod incluiu, ainda, uma breve apresentação do trabalho desenvolvido pela Comunidade Terapêutica (CT) Fé, Esperança e Caridade. A explanação foi realizada pelo administrador da instiuição de acolhimento de usuários de drogas, Lázaro Mateus.  

Presidente do Cipod, a secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Aline Bezerra, enfatizou a importância das parcerias para o desenvolvimento da política estadual sobre drogas. Disse ainda que a SPD aposta nos bons resultados dos programas de prevenção aplicados nas escolas cearenses para reverter, paulatinamente, o quadro de dependência química no Estado.

O Conselho

O Cipod foi criado na gestão do governador Camilo Santana com a finalidade de fortalecer o Sistema Estadual de Políticas sobre Drogas, construindo uma rede de iniciativas para conter o avanço das drogas no Estado do Ceará. O conselho conta com a participação de representantes de 26 órgãos/instituições, entre secretarias estaduais, organizações não governamentais e entidades religiosas e estudantis do Ceará. O colegiado tem caráter normativo, consultivo e de deliberação coletiva.

Leia mais: Conselho de Políticas sobre Drogas realiza oitava reunião ordinária

13.07.2016

Fernando Brito
Repórter

Daniela Negreiros
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 | 98902.7939 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spd.ce.gov.br

Assinatura coornenadoria matérias