Nova rede de videoconferência ajuda a qualificar profissionais

13 de julho de 2016

A Secretaria da Saúde do Estado está expandindo com novas estruturas permanentes a rede de videoconferência para facilitar o contato a distância entre gestores, profissionais e técnicos da saúde, a fim de agilizar os processos de gestão, as reuniões de trabalho, os treinamentos e capacitações dos trabalhadores da saúde. Com recursos do Programa de Expansão e Melhoria da Assistência Especializada à Saúde (Proexmaes 1), foram adquiridos 25 equipamentos de videoconferência e 25 aparelhos de tevê LED de 50 polegadas, no valor total de R$ 657.025,00. Os equipamentos já estão instalados nas salas de videoconferência de 17 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRES), no interior. Os equipamentos serão instalados em mais cinco Regionais. No total, são 22 regiões de saúde com estruturas de videoconferência. No prédio da Sesa, em Fortaleza, serão instaladas no Gabinete do Secretário, na Coordenadoria das Regionais de Saúde (Cores) e na Unidade de Gerenciamento de Projetos (UGP).

As estruturas permanentes de videoconferência já funcionam na Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde e no Núcleo de Telessaúde, além da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE) e unidades da rede estadual de saúde: Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart (HM), Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), Hospital São José (HSJ), Hospital Geral Waldemar Alcântara (HGWA), Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza, Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte), e Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral.

A videoconferência consiste em uma discussão em grupo ou pessoa a pessoa na qual os participantes estão em locais diferentes, mas podem ver e ouvir uns aos outros. Os sistemas interpessoais de videoconferência possibilitam a comunicação em tempo real entre grupos de pessoas, independente de suas localizações geográficas, em áudio e vídeo simultaneamente. A tecnologia de videoconferência será utilizada tanto para o apoio à gestão como para educação permanente em saúde. Com a nova rede de videoconferência é possível aumentar a integração entre o nível central e as coordenadorias e hospitais e unidades da rede Sesa, e também com os municípios, os gestores, técnicos e profissionais de saúde.

13.07.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Assinatura coornenadoria matérias