Casa da Mulher Brasileira recebe visita institucional

4 de agosto de 2016

Com previsão de conclusão das obras para o fim de agosto, a Casa da Mulher Brasileira do Ceará recebe visita institucional de comitiva formada por lideranças e gestoras estaduais, nesta quinta-feira (4), a partir das 14 horas. Entre os presentes, participam do momento a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela; a primeira-dama do Estado, Onélia Leite Santana; a coordenadora de Políticas para as Mulheres do Governo do Estado, Camila Silveira; e a ativista Maria da Penha, cuja lei que leva nome dela completa 10 anos este mês.

Em pauta, a instalação da Casa, com o poder público estadual trabalhando de forma articulada com a sociedade civil e demais órgãos que compõem a Rede de Atendimento à Mulher, como Poder Judiciário, Defensoria Pública e Ministério Público, entre outras instâncias. Os órgãos parceiros também participam da visita.

Casa da Mulher Brasileira do Ceará

Localizada na Rua Teles de Sousa, bairro Couto Fernandes, a Casa da Mulher Brasileira é uma inovação no atendimento humanizado às mulheres, integrando no mesmo espaço os serviços de acolhimento e triagem; apoio psicossocial; Delegacia de Defesa da Mulher; Juizado da Mulher; Ministério Público, Defensoria Pública; promoção de autonomia econômica; cuidado das crianças – brinquedoteca; alojamento de passagem e central de transportes.

É a quarta unidade do gênero no Brasil. A unidade de referência, fruto de parceria da União com o Governo do Ceará, através da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres, vai realizar cerca de 10 mil atendimentos por mês, funcionando 24 horas por dia, sete dias na semana. A obra teve um custo de R$ 8.082.857,59.

Cerca de 230 pessoas trabalharão no espaço, que terá profissionais de diversas instituições, como Poder Judiciário, Defensoria Pública, Delegacia da Mulher, Ministério Público, Polícia Militar, Polícia Civil. A equipe técnica multidisciplinar será formada por profissionais como psicólogos e assistentes sociais.

04.08.2016

Rodrigo Cavalcante
Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para as Mulheres
Gabinete do Governador