Primeira-dama visita Circo Escola do Conjunto Palmeiras

25 de agosto de 2016

 

O Circo Escola Palmeiras, que atende 250 crianças e adolescentes de seis a 17 anos em situação de vulnerabilidade, é mantido pelo Governo do Ceará, através da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS)

 

 ARI1540A primeira-dama do Estado, Onélia Leite Santana, visitou nesta quinta-feira (25), acompanhada dos filhos Pedro e Luisa, o Circo Escola do Conjunto Palmeiras. O projeto, que atende 250 crianças e adolescentes de seis a 17 anos em situação de vulnerabilidade, funciona há 23 anos com intuito de educar para a vida por meio da arte. A iniciativa é mantida pelo Governo do Ceará, através da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS).

 ARI1534Crianças e jovens participam do Circo Escola, de segunda a sábado, realizando 12 atividades como malabares, contorção, perna-de-pau, trapézio, tecido, cilindro, lira, palhaço, parada, monociclo, além de oficinas de convivência e mostra de arte e cultura. Todos os beneficiários frequentam a escola em um turno e, no outro, o projeto.

“Uma iniciativa linda, onde as crianças desenvolvem um trabalho espetacular. O Circo Escola foi criado na época do governador Ciro Gomes e da Patrícia  ARI1650Saboya. É um trabalho que tem deixado muitos frutos, inclusive, os funcionários do ABC e Circo Escola eram crianças que faziam cursos, praticavam a arte circense e hoje são funcionários. Temos que dar continuidade, fortalecer essa política de arte e cultura para crianças e jovens. É surpreendente a alegria que a gente vê, o brilho nos olhos das crianças, quando a gente chega para ver, eles se empolgam junto com a comunidade”, pontuou a primeira-dama. Segundo ela, é importante fortalecer essa política nos bairros de Fortaleza e no interior do Estado.

 ARI1576De acordo com a coordenadora do Circo Escola Palmeiras, Maria Marques, boa parte da equipe de funcionários antes foi beneficiária e hoje atua como educador. “Responsabilidade, cuidado um com o outro e com ele mesmo, cidadania, fortalecimento do vínculo familiar”, esses são os principais ensinamentos transmitidos pelo projeto, segundo Maria Marques.

A estudante Samili Sampaio, 12 anos, é beneficiária do projeto há seis anos e já aprendeu muito com o projeto. “Já passei pelo tecido, cilindro, lira, parada, salto e agora estou como palhaço”, citou. Para ela, o Circo proporciona grandes ensinamentos todos os dias. “O Circo ajuda a gente a virar bons cidadãos, porque daqui pra frente a gente vai estar mais velho. A gente tem o circo para ensinar como ser bom cidadão, a ter educação. Tem gente que a mãe não tem tempo de dar educação para os filhos e aqui o circo ajuda os nossos próprios pais”, ressaltou.

 

  

Primeira-dama Onélia Santana participa de atividades no Circo-escola

 Na ocasião, também estiveram presentes a secretária executiva da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), Ana Cruz; a supervisora do Núcleo de Ações Socioassistenciais da STDS, Conceição Freitas; e o coordenador do Banco Palmeiras, Joaquim Melo.

25.08.2016

Assessoria de Imprensa do Gabinete da Primeira-Dama
Déborah Vanessa
85 98957.0292 | 3254.4028
deborah.vanessa@gabgov.ce.gov.br

Fotos: Ariel Gomes / Governo do Ceará

Expediente imprensa2-01