#CearádeResultados: ações do Governo mudam realidade da Região Centro-Sul do Estado

26 de agosto de 2016 # # # # # # # # #

Nesta segunda matéria da série especial “Ceará de Resultados”, vamos apresentar as ações do Governo estadual na região Centro-Sul

 

rr MVS0836“Aqui não é excelente só porque é de graça, é excelente porque na policlínica faço todo o meu tratamento com profissionais competentes, que atendem muito bem, e tem todo equipamento que eu preciso”. O depoimento é de Antônio Felipe de Menezes, de 58 anos, que sofreu um acidente de motocicleta e ficou com traumatismo na coluna cervical. Ele chegou a pagar consulta particular e até iniciou o tratamento, mas faltou dinheiro e acabou procurando a policlínica de Iguatu, na Região Centro-Sul, que é responsável pela cobertura de cerca de 316 mil habitantes dos nove municípios que compõem a 18ª Regional de Saúde do Ceará.

 MVS0809 WebNos cinco primeiros meses deste ano, a Policlínica Dr. Manoel Carlos de Gouvêa, que atende a região, já realizou mais de 27 mil consultas à população, uma média de 5.401 atendimentos por mês e 260 por dia. A unidade realizou, no mesmo período, mais de 47 mil procedimentos, o que corresponde a 9.441 processos por mês e 430 por dia. De acordo com a secretária-executiva do Consórcio Público de Saúde da Microrregião (CPSM) de Iguatu, responsável pelo equipamento, cada município consorciado é responsável pela condução do usuário. “O encaminhamento do paciente é feito pelas secretarias municipais de saúde, a partir da solicitação de consultas e exames feita pelos médicos da atenção básica de saúde”, informa.

As policlínicas regionais têm uma infraestrutura adequada para atender as principais especialidades médicas com serviços de suporte ao diagnóstico e reabilitação dos pacientes. Oferecendo atendimento em mais de 20 especialidades médicas, os 19 equipamentos regionais ampliam o acesso às consultas e exames especializados para a população de 5,3 milhões de habitantes de 166 municípios. No agendamento, feito por sistema online, o paciente escolhe data e horário para a consulta ou exame, de acordo com a disponibilidade de vagas. A distribuição de vagas para atendimento é proporcional à população de cada município. Somente em Iguatu, o Estado gasta anualmente cerca de R$ 16 milhões em Saúde.

A região conta ainda com o serviço do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), que realiza serviços especializados de prótese, periodontia, ortodontia, endodontia e diagnóstico do câncer de boca, e ainda exames, como raio X e a panorâmica digital. No ano de 2014, o equipamento realizou o atendimento de 1.855 pessoas. Em 2015, foram 3.978 pessoas. Somente nos cinco primeiros meses deste ano, o local já atendeu 7.948 pessoas que buscam os serviços de saúde bucal. O centro integra a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência, instituída pelo Ministério da Saúde para levar atendimento integral e de qualidade às pessoas com necessidades especiais. A regional atende os habitantes dos municípios de Acopiara, Cariús, Dep. Irapuan Pinheiro, Iguatu, Jucás, Mombaça, Piquet Carneiro, Quixelô e Saboeiro.

Educação

 MVS5238 webA Região Centro Sul tem recebido investimentos da gestão estadual para a melhoria da qualidade da educação. Por meio da Secretaria da Educação (Seduc), o Governo implementa medidas de expansão da estrutura da rede pública de ensino. São 11 novos espaços, sendo, duas Escolas de Ensino Médio, cinco Centros de Educação Infantil (CEI) e quatro Ginásios. Foram aportados recursos financeiros no valor de R$ 8,5 milhões. As escolas e ginásios recebem recursos do Governo e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação(FNDE). Os CEIs são financiados pelo Tesouro Estadual, por empréstimo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e com contrapartida do município.

As novas Escolas de Ensino Médio irão beneficiar jovens do bairro Conjunto Industrial e do distrito de José de Alencar, em Iguatu. Ambas terão a mesma estrutura de uma escola construída em área urbana: biblioteca, laboratórios de Informática e de Ciências (Química, Biologia, Física e Matemática), anfiteatro, sala de vídeo, sala para o grêmio estudantil e quadra poliesportiva. Já os Centros de Educação Infantil serão destinados para crianças de 0 a 5 anos dos municípios de Cedro, Orós, Várzea Alegre, Jucás e Lavras da Mangabeira. O ambiente oferta quatro salas de aula, laboratório de informática, refeitório, cozinha, berçário, fraldário, dormitório, copa, recepção e playground.

 MVS5255 webEm maio de 2015, o governador Camilo Santana entregou à população da região o Campus Multi-institucional Humberto Teixeira, localizado na cidade de Iguatu. Para a instalação do equipamento, que recebe alunos da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade Regional do Cariri (Urca) e do Instituto Centec, o Governo investiu mais de R$ 25 milhões na obra e em mobiliários e equipamentos. O Campus reforça a oferta de cursos de nível superior no interior do Estado, atendendo cerca de 2 mil alunos. Em uma área total de 37 hectares e com área construída de 15.681,19m², o espaço conta com 42 salas de aula, 16 laboratórios, auditório com 223 lugares, biblioteca com 240m² e sala multimídia para 67 pessoas, ginásio poliesportivo, piscina semiolímpica, espaço para a prática de ginástica e dança, academia e vestiários, além de um centro de convivência com lanchonetes, livraria e restaurante.

Além do Campus Multi-institucional, Iguatu recebeu também duas escolas de ensino médio e dois Centros de Educação Infantil (CEI), que, juntos, tiveram investimento de cerca de R$ 38 milhões. A primeira escola em Tempo Integral, denominada de Escola Antônio Albuquerque de Souza Filho, já está em funcionamento e atende cerca de 250 alunos iguatuenses. Além das disciplinas previstas no currículo, a unidade de ensino oferta aulas de Informática e Ciências em seus respectivos laboratórios, futsal, saúde e prevenção, teatro e dança.

Segurança Hídrica

adut1Adutora, poços profundos e chafarizes são as principais ações que o Governo tem implementado na região, no enfrentamento aos efeitos da estiagem que se prolonga no Estado por cinco anos consecutivos. Destaque para a adutora do Cedro, que liga o Açude Ubaldinho à Estação de Tratamento de Água (ETA) da Cagece, num percurso de 22 quilômetros. Foram investidos recursos da ordem de R$ 6,3 milhões garantindo o abastecimento daquele município. Quase 19 mil pessoas foram beneficiadas na sede urbana do Cedro.

A Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) vem intensificando a construção de poços profundos em municípios do Centro-Sul tanto nas sedes municipais quanto em distritos e áreas rurais difusas. Em muitos casos, a melhor opção para o aproveitamento da água é a instalação de chafarizes, já que a vazão de alguns poços é insuficiente para o injetamento direto na rede de distribuição. Em 2015 e 2016, foram investidos cerca de R$ 14 milhões em sistemas de abastecimento de água, beneficiando quase 6.000 famílias da região.

 

tab

Água Doce

150302 CRATEUS JW5324 webO Governo do Ceará, por meio da Secretaria dos Recursos Hídricos, mantém parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) para implantações de dessalinizadores em comunidades rurais de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). A ação visa ao estabelecimento de uma política pública permanente de acesso à água de boa qualidade para o consumo humano, promovendo e disciplinando a implantação, a recuperação e a gestão de sistemas de dessalinização ambiental e socialmente sustentáveis para atender, prioritariamente, as populações de baixa renda em comunidades difusas do semiárido. Na Região Centro Sul, estão em construção equipamentos do Programa Água Doce (PAD) nos municípios de Umari (dois) e Acopiara (sete).

Segurança Pública

 MVS1112 webNo último dia 20 de agosto, a região Centro-Sul recebeu o efetivo do Batalhão de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), servindo a toda a Área Integrada de Segurança 16 (AIS 16). São 52 policiais capacitados e especializados em policiamento motorizado. As seis equipes possuem 24 motos e duas viaturas, em investimento total superior a R$ 1,5 milhão apenas em equipamentos e viaturas. Além de Iguatu, as ações também se darão nos outros 14 municípios compreendidos da AIS 16: Acopiara, Baixio, Cariús, Cedro, Icó, Ipaumirim, Jucás, Lavras da Mangabeira, Orós, Quixelô, Saboeiro, Tarrafas, Umari e Várzea Alegre.

O policiamento agora é feito em locais com maior incidência de crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas. Antes do Raio, as equipes de policiamento motorizado iam para a região de forma esporádica, por períodos de uma semana. A implantação do Batalhão vai combater o crime praticado em duas rodas, na abordagem, perseguições e dando rapidez na resposta. Para permitir melhores condições aos detentos e familiares que visitam semanalmente a Cadeia Pública de Iguatu, o Governo do Ceará vai investir R$ 2.215.000,10 para a reforma do prédio.

CVLIs

As mortes violentas apresentaram queda considerável na região Centro-Sul este ano. Até julho, os Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) diminuíram 14,04% em toda a região, se comparados aos sete primeiros meses de 2015. Em Iguatu, os dados apresentam retração na casa de 30%. Os furtos caíram aproximadamente 12% em toda a AIS 16.

Mais ações

– Prevenção às drogas

O trabalho de prevenção ao uso de drogas na região é forte, com presença marcante das ações da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD), em especial, nas cidades de Iguatu, Icó e Acopiara. Em Iguatu, o programa Fortalecendo Minha Comunidade beneficia 600 pessoas, através de convênios firmados com três organizações não governamentais que militam na área. Já o Juventude em Ação atua em oito escolas de Ensino Médio da rede estadual, com quatro mil  estudantes favorecidos na cidade. Estão em andamento outras atividades no município: o projeto Juventude do Futuro, na rede escolar, com 260 estudantes beneficiados e 60 famílias; e o Movimento Prevenção, atividade realizada junto a alunos do ensino médio de escolas particulares e com membros de organizações da sociedade civil.

Icó e Acopiara também são atendidas com as mesmas ações, beneficiando cerca de 900 e 700 pessoas, respectivamente. As cidades da região recebem ainda a Unidade Móvel da SPD, em períodos de eventos diversos, para levar os serviços do Centro de Referência sobre Drogas (CRD) da SPD para mais perto das comunidades.

– Ação social

 MVS5207 webNa área da ação social, o Governo do Ceará inaugurou três obras em parceria com a Prefeitura de Iguatu no ano passado: o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) do Bairro Paraná, e o Cras da Vila Neuma, ambos com beneficiando cerca de mil famílias cada; além do Polo de Convivência Social do bairro João Paulo II, voltado para o acompanhamento médio de 500 adolescentes e jovens.

Na capacitação profissional, as ações da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) atua em Iguatu através do programa Primeiro Passo e do Criando Oportunidades. O público prioritário do projeto é formado por mulheres chefes de família cadastradas no CadÚnico, beneficiárias ou não do projeto Bolsa Família; trabalhadores sem ocupação e desempregados; pessoas que trabalham em condição autônoma; jovens a partir de 16 anos à procura do primeiro emprego; e segmentos especiais como pessoas com deficiência, quilombolas, afrodescendentes, indígenas, apenados e egressos do sistema penal, jovens em cumprimento de medidas socioeducativas e LGBTT.

– Estradas

rce375O Governo do Ceará segue com a implantação e restauração de 132,40 quilômetros de malha viária no Sertão Centro-Sul. Além desses, outros 26,16 km de pavimentação já foram concluídos. Os trabalhos envolvem recursos de mais de R$ 172 milhões, totalizando obras concluídas, em andamento e licitadas, que beneficiam, diretamente, a população dos municípios de Cariús, Cedro, Jucás, Saboeiro, Iguatu, Orós, Icó e distritos adjacentes.

Entre os trechos em execução, que corresponde 58,20 km, estão: rodovia CE-282, trecho Icó – Icozinho e rodovia CE-166, trecho entre CE-375 (Jucás) – distrito de Mel, além da rodovia CE-470, entre CE-282 (Malhada Vermelha) – entre CE-153 (Rochedo) e rodovia CE-153, CE-153 Zona Urbana do município de Cedro, já concluídas. Os trabalhos visam a melhorar as condições de trafegabilidade em todas as regiões do Estado, impulsionando o setor do turismo e o socioeconômico, bem como melhorando o escoamento de mercadorias e o deslocamento de pessoas com redução do custo de transporte entre os municípios do Centro-Sul.

 

Leia mais: 

#CearádeResultados: Região do Cariri recebe investimentos do Governo do Ceará em diversas áreas

26.08.2016

Wiarlen Ribeiro
Repórter / Célula de Reportagem

Fotos: Marcos Studart / José Wagner

Expediente imprensa2-01