Alunos das escolas públicas do Crato ganham reforço na preparação para o Enem 2016

17 de setembro de 2016

Um total de 1.500 alunos de escolas públicas estaduais sob a abrangência da Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 18, sediada em Crato, serão beneficiados com o projeto Pré-Enem Vest 2016. A abertura foi realizada neste sábado, dia 17, com a participação de 300 estudantes. As aulas irão acontecer aos sábados e domingos até o fim de outubro. O curso conta com o apoio do Governo do Ceará, por meio do Gabinete da Primeira-Dama, Universidade Regional do Cariri (Urca) e Secretaria da Educação (Seduc) e com a iniciativa privada.

No encontro, a coordenadora da Crede 18, Luciana Brito, representou a primeira-dama, Onélia Leite Santana. Houve ainda a presença da pró reitora de Extensão da Urca, Arlene Pessoa, e do professor Rômulo Moraes, idealizador do projeto.

Luciana falou da importância da ação. “Estamos aqui mais uma vez com este grande propósito que tem como finalidade preparar vocês (alunos) para o Enem. Parabenizo o professor Rômulo pela iniciativa que visa à preparação dos alunos para o Enem e o ingresso na universidade. Isso não tem preço” – ressaltou.

A coordenadora destacou ainda a atuação da primeira-dama, Onélia, em relação ao projeto. Ela é sensível demais, trabalhou na educação e, por isso mesmo, valoriza tanto o ensino e a aprendizagem” – explicou.

Fortalecer o conhecimento entre os alunos da rede estadual também é uma preocupação do professor Rômulo, que idealizou o projeto. “Não tem outro caminho para que os jovens consigam ter sucesso a não ser através de uma boa universidade, de uma faculdade e o Enem é um grande portão. Então criei para que pudessem competir no Enem com a capacidade mais aprimorada” – complementa.

Com relação à parceria do Governo, o educador ressaltou, que o apoio veio através da primeira-dama do Ceará. “E o carimbo do Estado dá ao projeto a credibilidade que ele merecer ter” – avalia.

As aulas do Pré-Enem Vest 2016 serão realizadas no período de 17 de setembro a 30 de outubro sempre aos sábados à tarde e domingos pela manhã, no Ginásio Poliesportivo da Urca. Arlene Pessoa, pró reitora de Extensão, desejou sucesso a todos os alunos. “Acreditamos no projeto que vai fazer a diferença. Já vejo todos vocês alunos da Urca” – frisou.

O aluno do Liceu do Crato, Jardel Paulo Barbosa Amorim, 17 anos, agradeceu a possibilidade de participar das aulas. “Eu vejo como uma ótima oportunidade. Tem muita gente que não tem o privilégio de fazer um curso deste. É um momento que temos que aproveitar. É um curso completo, os professores são excelentes e o conteúdo é muito rico”, ressaltou.

Matheus Alexandre Pereira, também de 17 anos e aluno da mesma escola, “Eu achei excelente. Sinto gratidão. Alguns alunos não têm essa oportunidade. É sempre bom fazer um curso como esse. Tenho amigos que nunca fizeram um curso assim”, disse.

O Governo do Ceara, por meio da Seduc, vem desenvolvendo uma série de atividades para mobilizar e preparar os estudantes das escolas estaduais para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com segurança e perspectiva de ingresso no ensino superior. Neste sábado, dia 17, também foi lançado o #FDScurtindoEnem. O objetivo é motivar e estimular o aprendizado dos alunos da rede pública estadual nos cinco fins de semana que antecedem as provas do Exame nos dias 5 e 6 de novembro.

São aulões, atividades esportivas e culturais. Na região, as atividades estão programadas para o final de setembro e durante o mês de outubro.

Enem Chego Junto, Chego Bem

As ações integram o projeto Enem Chego Junto, Chego Bem, realizado desde 2012, a partir do início de cada ano letivo até o ingresso dos alunos na universidade. Em relação ao ano passado, houve aumento no número de alunos da 3ª série do Ensino Médio inscritos no Enem. São mais de 96 mil estudantes, o que equivale a 98,8% do total. Em 2015, esse número era de 97%.
É possível verificar que houve uma evolução no ingresso de alunos da rede pública cearense no Ensino Superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Em 2007, 707 alunos foram aprovados para faculdades públicas. Esse número passou para 3.105 em 2014. Já a entrada na universidade pública ou particular através de vestibular ou do ProUNi saiu de 4.787 naquele ano e alcançou, em 2014, 11.403 alunos. Os números relativos ao Enem 2015 ainda serão divulgados pelo Ministério da Educação (MEC).

 

17.09.2016