Academia Cearense de Letras realiza Ciclo de Conferências 2016

14 de novembro de 2016

Convidados como Nirez, José Borzacchiello da Silva, Oswald Barroso, Élder Vidal e as acadêmicas Angela Gutiérrez e Lourdinha Leite Barbosa realizarão conferências. O evento tem inscrição gratuita e acontece no Palácio da Luz, sede da ACL, destacando a reforma que garantiu diversas melhorias para o espaço,agora  um centro cultural, educativo e artístico integrado, de referência nacional. A realização é da ACL, presidida por José Augusto Bezerra, com coordenação da acadêmica Angela Gutiérrez e apoio da Secult

A Academia Cearense de Letras (ACL) realiza a partir de quarta-feira (16), seguindo até o dia 23, o Ciclo de Conferências 2016. Trata-se da nova edição do evento realizado anualmente pela entidade, há 15 anos, desta vez com o tema “A Cidade de Fortaleza na Literatura”. A inscrição é gratuita e pode ser feita na própria sede da ACL, o Palácio da Luz, na Rua do Rosário, 1, no Centro de Fortaleza, ou pelos fones (85) 3253-4275 e (85) 3226-0326 e ainda pelo e-mail acletras@accvia.com.br.  A realização é da ACL, presidida por José Augusto Bezerra, e conta com coordenação da acadêmica Angela Gutiérrez e apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult).

Além de assistir a conferências de alto nível, com alguns dos mais respeitados estudiosos e artistas do cenário cearense, escolhidos de modo a contemplar diversos aspectos de Fortaleza na literatura, os participantes do Ciclo poderão conhecer as novas instalações do Palácio da Luz, após ampla reforma que garantiu melhorias externas e internas. Entre elas, três amplos salões e auditórios, um salão nobre, uma biblioteca de nível internacional, com mais de 30 mil livros, recuperação das obras artísticas do acervo do Palácio, subestação de energia, acessibilidade e a reforma do Jardim dos Poetas.

“Convidamos todos a participar do Ciclo de Conferências, pensando e debatendo Fortaleza na Literatura, também conhecendo as várias novidades que vieram com a reforma de um dos espaços culturais mais representativos da cidade e referência para todo o Brasil”, destaca o bibliófilo José Augusto Bezerra, presidente da Academia Cearense de Letras, ressaltando que a ACL é pioneira no cenário nacional, “a mãe de todas as academias”, por ter iniciado suas atividades antes mesmo da Academia Brasileira de Letras.

Fortaleza na Literatura: ampliando diálogos

José Augusto Bezerra destaca que, além de debater um tema importante para Fortaleza e para a literatura, outro objetivo do Ciclo de Conferências é trazer os melhores palestrantes e ampliar a aproximação da Academia com a população, com a cidade, com as demais academias, as escolas e universidades, os professores e estudantes, as instituições de educação, cultura e arte.

“Por isso temos uma programação de altíssimo nível, com autores que são referência em cada área. Convidamos toda a cidade a participar do Ciclo, que, embora ainda tenhamos outras ações em dezembro, também marca este final de um ano de muitas atividades e de programação intensa na ACL. O Ciclo de Conferências é o ponto mais alto dessa programação e, em termos de literatura, é um dos mais importantes do Brasil”, aponta.

Novos públicos na Academia

Coordenadora do Ciclo de Conferências 2016 e Diretora Cultural da Academia Cearense de Letras, a escritora e professora Angela Gutiérrez aponta que o tema “A cidade de Fortaleza na Literatura” foi sugerido por ela e aprovado pelos acadêmicos, partindo do mote do aniversário de 290 anos da capital cearense. “A partir da aprovação buscamos pessoas para expandir o tema em diversas direções, como o professor Borzacchiello, da UFC,  que fará a conferência de abertura, no dia 16. Ele é geógrafo, um dos maiores especialistas em Fortaleza e propôs um título ótimo para sua conferência: ‘A cidade como chão poético de um povo apaixonado'”, ressalta Angela.

A coordenadora também destaca a oportunidade de participar de conferências como a de Lourdinha Leite Barbosa, que falará sobre a ambientação de romances de Rachel de Queiroz em Fortaleza, além da leitura de poemas do “Cancioneiro da Cidade de Fortaleza”, de Artur Eduardo Benevides, por diversos artistas. Outro destaque da programação é a conferência do professor Elder Vidal, do IFCE, mestre em Literatura, sobre obras de ficção ambientadas em Fortaleza, como o premiado livro “O mundo de Flora”, de Angela Gutiérrez, que completou 25 anos de publicação.

“Tudo está relacionado ao tema Fortaleza na literatura, que também se refletirá na conferência do Nirez, um dos pesquisadores com maior acervo de imagens sobre Fortaleza, e na conferência do Oswald Barroso, pesquisador de teatro sem igual, que vai falar sobre o Theatro José de Alencar e sua relação com a cidade, o que o teatro representa para o povo de Fortaleza”, acrescenta Angela Gutiérrez.

A coordenadora destaca ainda que o Ciclo de Conferências é um grande momento para que mais pessoas possam conhecer a Academia Cearense de Letras e suas atividades. “O Ciclo de Conferências vem sendo uma grande oportunidade para atrair novas pessoas, de forma muito democrática. Por isso as inscrições são gratuitas. Esse é um dos nortes dessa atividade, chegar a novas plateias. Por isso convidamos o público em geral a comparecer à Academia”, complementa, citando ainda que, após o Ciclo de Conferências, será editada uma coletânea com o conteúdo de todos os trabalhos apresentados.

A força do Ceará literário

Além da qualidade de conferencistas como Nirez, José Borzacchiello da Silva, Oswald Barroso, Élder Vidal, Ângela Gutiérrez e Lourdinha Leite Barbosa, o presidente da ACL, José Augusto Bezerra, ressalta que o Ciclo de Conferências também reafirma a posição do Ceará como uma referência para a literatura e para o pensamento.

“Toda a sociedade deve valorizar essa vocação do cearense para a cultura.  Somos um dos estados mais ricos em termos de literatos, estudiosos, com José de Alencar, Clovis Bevilácqua, Patativa do Assaré, Rachel de Queiroz, Gustavo Barroso, Farias Brito e tantos outros, além dos vários escritores e dos demais artistas contemporâneos”, reforça José Augusto Bezerra.

Programação

Toda a programação do Ciclo de Conferências 2016, da Academia Cearense de Letras, tem entrada franca, com inscrição prévia pelos fones (85) 3253-4275 e 3226-0326 ou pelo e-mail acletras@accvia.com.br. As conferências terão início sempre às 16h, no Palácio da Luz, sede da ACL (Rua do Rosário, 1, Centro de Fortaleza) a partir da quarta-feira, 16/11 e seguindo nos dias 17, 22 e 23.

Confira a programação:

16/11 – “Fortaleza: a cidade como chão poético de um povo apaixonado” – José Borzacchiello da Silva.

17/11 – “Fortaleza florescida: o baú de memórias da cidade na ficção de Angela Gutiérrez” – Élder Vidal.

22/11 – “O Teatro e a Cidade” – Oswald Barroso. “Leituras do Cancioneiro da Cidade de Fortaleza, de Artur Eduardo Benevides” – Angela Gutiérrez.

23/11 – “A Fortaleza de Rachel de Queiroz” – Lourdinha Leite Barbosa. “Fortaleza em imagens” – Nirez.

SERVIÇO

Ciclo de Conferências 2016 – Academia Cearense de Letras

Dias 16, 17, 22 e 23 de novembro, sempre às 16h. No Palácio da Luz, sede da ACL (Rua do Rosário, 1, Centro de Fortaleza).

Inscrições gratuitas: (85) 3253-4275, 3226-0326 e acletras@accvia.com.br.

 

14.11.2016

(85) 98699-6524 – Dalwton Moura
(85) 98824-0994 – Lucas Benedecti
(85) 99149-4987 – Paula Candice=
(85) 3101-6761 / secultmkt@gmail.com