Trabalho Escravo: SRTE/CE, MPT E COETRAE divulgam balanço do trabalho escravo nos últimos 10 anos

27 de Janeiro de 2017

Em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, lembrado dia 28 de janeiro em homenagem aos auditores-fiscais do trabalho assassinados quando investigavam denúncias de trabalho escravo em Unaí/MG, a Superintendência do Trabalho no Ceará, Ministério Público do Trabalho e a Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo, concederão entrevista coletiva nesta segunda-feira (30) para divulgar o balanço das ações de combate ao trabalho escravo no Ceará nos últimos 10 anos.

A divulgação contará com a participação de Fábio Zech, Superintendente do Trabalho no Ceará, Carlos Leonardo Holanda, procurador Chefe do Ministério Público do Trabalho da 7ª região, parceira da SRTE/CE nas ações e do presidente da Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo no Ceará – Coetrae/Ce, Demitri Cruz, que apresentará o balanço das ações da Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo no Ceará – Coetrae/Ce em 2016 e os desafios para 2017.

A apresentação é uma forma de prestar contas com a sociedade pelo trabalho desenvolvido em prol do trabalho decente, no segmento de combate ao trabalho escravo no Ceará.

O balanço inclui os números referentes às ações dos Auditores Fiscais do Trabalho durante o período de 2006 a 2016, nas quais trabalhadores em condições análogas a de escravo foram resgatados e tiveram seus direitos trabalhistas indenizados.

Serviço:

Entrevista coletiva – Divulgação do Balanço das Ações Fiscais de Combate ao Trabalho Escravo no Ceará de 2006-2016

Local: Rua 24 de maio, 178- Centro – 1º andar – Auditório
Data: 30/01/2017 (Segunda-Feira)
Horário: 9h30

27.01.2017

Gabinete do Governador
Ana Carolina Carvalho
Jornalista
3133 – 3717 / 3718