SEMA abre a Festa Anual das Árvores no Cocó neste domingo

17 de março de 2017 # # #

No próximo domingo (19), às 9h, a Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema) realiza a abertura da Festa Anual das Árvores. Paralelamente, acontecerão as atividades do Projeto Viva o Parque, que ocorrem sempre aos domingos, entre 7h a 12h. Haverá apresentação de vídeo, seguida fala do secretário da pasta, Artur Bruno, e demais autoridades presentes. A Cagece, parceira da campanha por conta do Dia Mundial da Água, também estará no local.

Bruno prestará contas do andamento do Projeto de Florestamento e Reflorestamento, dentro do Programa Ceará Mais Verde, que hoje está recuperando áreas degradadas de quatro bacias hidrográficas onde funcionam Unidades de Conservação administradas pela Sema. No rio Pacoti, serão plantadas 30 mil árvores, em local onde se encontra o periquito-da-cara-suja, espécie ameaçada de extinção e exclusiva daquela região. Ainda no Pacoti, haverá revitalização do viveiro já existente na UC e criação de um outro, no campus da Unilab. No rio Cocó, foram firmadas parcerias com a Unimed Fortaleza (500 mudas) e a C. Rolim Engenheira (40 mil mudas). No rio Ceará, a Unimed plantará 500 mudas no Parque Botânico. Finalmente, no riacho Ipuçaba, estão previstas ações de educação ambiental.

Após a solenidade haverá apresentação musical do Trio Murici (forró pé de serra) e do teatro de fantoche da Cagece. A Sema fará também distribuição de mudas de espécies nativas e de material educativo alusivo à árvores e água, já que 22 de março é o Dia Mundial da Água. Durante a semana, de 20 a 24 de março, haverá uma estrutura fixa no Cocó com distribuição de mudas, material educativo e apresentação de vídeos. No dia 22, será feita uma blitz educativa em apoio à ação de conscientização da Cagece, no entorno do Parque do Cocó.

No outro domingo, 26 de março, haverá o encerramento da Festa Anual das Árvores 2017 no Parque Botânico, em Caucaia, onde também ocorrerão, concomitantemente, as atividades do Projeto Viva o Parque e apresentações artísticas, além da II Corrida pela Natureza.

“Queremos preservar e recuperar os mananciais e colaborar na amenização do clima, posto que o Estado possui uma cobertura arbórea de somente 57%”, explicou Bruno.

17.03.2016

Demétrio Andrade
Jornalista
085.8814.8286
@demetrioandrade
/DemetrioFarias

Expediente imprensa 09jan 2017-01