Saúde: governador articula com gigante chinesa implantação de empresa no Ceará

18 de setembro de 2017 #

Thiago Cafardo: Porta-voz do governador
Fotos: ASCOM/Governo do Ceará

Em seu primeiro dia na China, Camilo Santana assinou Memorando de Entendimento com a multinacional Meheco e apresentou o Ceará ao Banco de Desenvolvimento da China

O governador Camilo Santana e a multinacional chinesa Meheco (Medical Health Company) assinaram nesta segunda-feira (18), em Pequim, na China, um Memorando de Entendimento (MOU) para o desenvolvimento de soluções para a implementação, construção, financiamento e operação de projetos na área da saúde. Entre as ações está a instalação de unidade para fabricação de montagem de máquinas de alta complexidade e imagens (tomógrafos, raios-x, ultrassons) na Zona de Processamento do Ceará, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

“Fiquei muito animado com a perspectiva (de instalação de nova fábrica). A Meheco é uma das maiores empresas do mundo na fabricação de medicamentos e equipamentos na área da saúde. Eles demonstraram muito interesse em fazer investimentos no Ceará. Além de instalar uma fábrica de produção de equipamentos para área da saúde, eles pretendem financiar, por meio do Banco de Desenvolvimento Chinês, equipamentos para a área da saúde pública do Estado do Ceará”, citou o governador Camilo Santana.

De acordo com o governador, existe ainda a possibilidade de a empresa instalar uma segunda unidade (produção de insumos básicos como seringas, luvas e gases) no Polo industrial e Tecnológico da Saúde, no Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza. No local, já está instalada uma unidade da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Banco de Desenvolvimento da China

Também nesta segunda-feira, o governador Camilo Santana se reuniu com o diretor para a África e Américas do Banco de Desenvolvimento da China (China Development Bank), Tian Yunhai. O encontro teve como foco discutir a participação do banco em programas e projetos apresentados pelo Estado. Atualmente, o CDB tem ativos no valor de 2,2 trilhões de dólares e o Brasil tem sido o principal parceiro para operações no mundo.

“Hoje realizamos reuniões muito importantes aqui na China. Apresentamos o Ceará para o Banco de Desenvolvimento da China. Ele (Tian Yunhai) confirmou o interesse de financiar projetos importantes do Ceará, como a Refinaria e projetos para a área da saúde. Foram encontros muito produtivos, tanto com o CDB como com a Meheco, que trazem excelentes perspectivas de novos investimentos para nosso estado”, citou Camilo Santana.

Durante o encontro, o diretor do banco destacou que o CDB pode fortalecer as relações entre a Província de Fujian e o Ceará. Ficou acordado que o Banco de Desenvolvimento da China e o Governo do Ceará trabalharão, a partir de agora, em conjunto para construir uma aliança nas áreas de interesse do Estado. “Queremos ser a porta de entrada dos investimentos chineses no Brasil e na América Latina”, disse o governador.

Agenda

Amanhã, o governador Camilo Santana e a comitiva cearense seguem para Hangzhou, na China, onde visitam a fábrica de grandes geradores de energia do Chint Group e se reúnem com a direção da empresa.