Famílias Fortes: programa é lançado em Redenção e Maranguape

20 de setembro de 2017 # # # #

Fernando Brito - Assessoria de Comunicação da SPD - (85) 3238.5090 / 99910.3443 - comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br

O novo prazo para inscrições de candidatos termina no próximo dia 29 de setembro
 

Ação preventiva alcançará 16 municípios cearenses este ano

Desenvolvido no Ceará pela Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) em parceria com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o programa de prevenção às drogas Famílias Fortes (PFF) entra na fase de efetivação junto aos beneficiários. Em 2017, serão contempladas cerca de 700 famílias de 16 municípios cearenses.

O lançamento nos municípios de Redenção e Maranguape aconteceu na manhã desta quarta-feira (20), em solenidades realizadas, respectivamente, na sede do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) e na Câmara de Vereadores. A secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Aline Bezerra Câncio, prestigiou o evento em Redenção, juntamente com a coordenadora do Centro de Referência sobre Drogas (CRD), Magda Coelho; enquanto o secretário Especial Adjunto, Cláudio Saraiva; e a gerente do Projeto Juventude do Futuro (PJF), Natália Alexandre; representaram a SPD na programação em Maranguape.

Na solenidade em Redenção, o prefeito Davi Benevides falou ao público presente no Cras e ressaltou a parceria com o governo do Estado, através da SPD, no âmbito das políticas sobre drogas. Em seu discurso, a secretária Aline Bezerra Câncio reiterou a importância da parceria entre a SPD e a Prefeitura de Redenção e pediu o engajamento das famílias no PFF para o pleno êxito da ação preventiva. “Como o próprio nome diz, o programa busca unir os membros das famílias e torná-las mais fortes para superar os desafios cotidianos, em especial as drogas”, afirmou a titular da SPD.

Em Maranguape, grande público ocupou o Plenário Vereador José Gadelha Júnior, da Câmara dos Vereadores, para acompanhar a solenidade. A secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social do município, Vanessa Barbosa, representou o prefeito João Paulo Xerez. Em sua fala, o coordenador de Políticas Públicas sobre Drogas, Francisco Clécio Silva, agradeceu à SPD pela inclusão de Maranguape no PFF. Já a gerente do PJF, Natália Alexandre, enfatizou o apoio da gestão municipal para a efetivação do programa voltado às famílias.

Em seu discurso, o secretário Especial Adjunto da SPD, Cláudio Saraiva, ressaltou a parceria entre a pasta e a Prefeitura Municipal e a importância da participação ativa das famílias no PFF, avaliando a prevenção como a iniciativa mais eficaz para evitar o uso e abuso de drogas. O gestor lembrou, ainda, o compromisso do governador Camilo Santana de aproximação permanente das secretarias com a população a ser atendida e o fato de o Ceará ser o único Estado do País a contar com uma pasta específica para atuar no âmbito das políticas sobre drogas.

O programa

O PFF é voltado para famílias de crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, em especial aquelas em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é reduzir os fatores de risco ao uso e abuso de drogas e construir ou fortalecer os vínculos familiares e comunitários. Os grupos de famílias já foram constituídos e, a partir de agora, começam os encontros semanais nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) de cada localidade, conduzidos por profissionais da assistência social e outros, envolvendo pais, responsáveis e os jovens.

Nos encontros, inicialmente em separado e posteriormente juntos para estímulo à conversação familiar, pais e filhos abordam temas da vida em família, como amor, limites, regras domésticas, bons comportamentos, estresse e proteção contra o abuso de substâncias e outros. Dentre os benefícios alcançados através do diálogo estão a redução da agressividade, do isolamento social e do uso e abuso de substâncias psicativas, a maior interação entre pais e filhos e a melhoria do rendimento escolar.

Além de Redenção e Maranguape, serão contemplados com o PFF em 2017 os seguintes municípios: Caucaia, Maracanaú, Horizonte, São Gonçalo do Amarante, Aquiraz, Eusébio, Beberibe, Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Sobral, Icó, Quixelô e Iguatu. Este último, agilizou a formação dos facilitadores e a composição dos grupos de famílias, já iniciando as reuniões semanais. O primeiro encontro aconteceu na terça-feira, 19, na sede do Cras V iguatuense.