Em parceria com o Senac, Cispe oferta capacitação para egressos e pessoas em cumprimento de medidas cautelares

20 de outubro de 2017 # # # # #

Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará - Assessoria de Comunicação

Investir na capacitação profissional é uma das formas de apresentar novos caminhos e dar oportunidades aos egressos do sistema prisional e pessoas sob cumprimento de penas alternativas. Por isso, a Secretaria da Justiça e Cidadania, por meio de sua Coordenadoria de Inclusão Social do Preso e do Egresso (Cispe), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), abre, no mês de outubro, 36 turmas de educação profissional.

A parceria tem o objetivo de alcançar um total de 720 pessoas, sendo 400 vagas destinadas a egressos que trabalham na própria Sejus, 100 vagas para pessoas que cumprem penas alternativas, 160 para egressos que aguardam oportunidades de trabalho, 40 para pessoas qualificadas em 2017 e 20 para egressos que receberão carrinhos de lanche.

Temas

Gestão financeira, empreendedorismo, mercado de trabalho e relacionamentos interpessoais são alguns dos temas abordados pelos cursos, que possuem 16 e 20 horas/aula e acontecerão na sede da Cispe. Os alunos recebem vale-transporte para se locomover até o local das aulas.

Para a coordenadora da Cispe, Cristiane Gadelha, os cursos são um grande estímulo para o desenvolvimento pessoal e profissional: “Seja para conduzir o próprio negócio ou para entrar no mercado de trabalho, nosso maior objetivo é capacitar essas pessoas e dar a elas uma nova perspectiva de mudança de vida”, afirma.