Dia Mundial do Braille: Biblioteca Pública Espaço Estação recebe bate-papo sobre o tema, nesta quinta

2 de Janeiro de 2018 # # #

Secretaria da Cultur - Secult
Divulgação / Secult / Felipe Abud - Foto

Para debater a difusão do sistema Braille no Brasil, a Biblioteca Pública do Estado do Ceará – Espaço Estação, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), realiza no Dia Mundial do Braille, 4 de janeiro (quinta-feira), às 14h30, um bate-papo com o consultor em acessibilidade cultura, Klístenes Braga. Com entrada franca, a atividade contará com a mediação de Marcos Rodrigues e Thamyle Vieira, atendentes do setor Braille da Biblioteca Pública.

Com o título “Dia Mundial do Braille: A revolução do conhecimento na ponta dos dedos”, o bate-papo abordará também a história do Braille, a feitura dos livros em Braille, como se processa a leitura Braille, entre outros temas. O convidado Klístenes Braga é doutorando em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE), mestre em Linguística Aplicada pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Universidade Estadual do Ceará, especialista em Gestão Pública Municipal pela mesma universidade, sendo pesquisador em tradução audiovisual acessível e consultor em acessibilidade cultural.

A mediadora Thamyle Vieira Machado é estudante do curso de pedagogia na Universidade 7 de Setembro (Uni7), funcionária da Biblioteca Púbica Estadual, onde atua com atendimento ao público e adaptação, impressão e revisão de textos Braille. Também faz parte do Conselho Fiscal da Organização de Cegos do Brasil (ONCB), com experiência como formadora em palestras, oficinas e cursos voltados a Inclusão de Pessoas com Deficiência, Leitura e Escrita no Sistema Braille e Tecnologias Assistivas Digitais para Pessoas com Deficiência Visual.

Marcos Rodrigues de Souza é bacharel em Serviço Social e pós-graduando em Políticas Públicas e Seguridade Social pela Faculdade Cearense. Também é facilitador do Curso em Deficiência Visual pelo Centro de Referência em Educação e Atendimento Especializado do Ceará (CREAECE) e atendente Braille na Biblioteca Pública do Estado do Ceará.

Mais sobre o Dia Mundial do Braile

O dia 4 de janeiro assinala o nascimento de Louis Braille, o criador do sistema de leitura e escrita Braille, que permite através do toque facilitar a vida dos cegos e pessoas com baixa visão, criando uma integração na sociedade. Louis Braille ficou cegou aos 3 anos e aos 20 conseguiu formar um alfabeto com diferentes combinações de 1 a 6 pontos, que se alastrou pelo mundo e ainda hoje é usado como forma oficial de escrita e de leitura das pessoas cegas.

Serviço:

Bate-Papo “Dia Mundial do Braille: A revolução do conhecimento na ponta dos dedos”
Local: Biblioteca Pública do Estado do Ceará – Espaço Estação (Rua 24 de Maio, nº60)
Data: Quinta-feira, 4/1
Horário: 14h30
Entrada franca

Mais informações/entrevistas:

(85) 98824 – 0994 – Lucas Benedecti (Secult)
(85) 98848 . 4987 – Paula Candice (Secult)
(85) 98817 . 5149 – Ivna Girão (Secult)
(85) 3101 – 6761 / imprensasecultce@gmail.com