PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Governo descentraliza oferta de leitos para pacientes com Covid-19

27 de março de 2020 - 17:58 # # # #

Antonio Cardoso - Texto
Ascom Sesa - Foto

Nos casos graves de infecção pelo coronavírus (Covid-19), as experiências nacional e, principalmente, internacional mostram que os pacientes precisam de internação em UTIs. No estado do Ceará todas as providências estão sendo tomadas a fim de assegurar o tratamento necessário às pessoas acometidas pelo Covid-19. Entre as medidas está a ampliação de leitos de internação e de UTI.

Em transmissão pelas redes sociais na noite dessa quinta-feira (26) o governador Camilo Santana falou da estratégia. “Adquirimos temporariamente o Hospital Leonardo da Vinci, com 230 leitos, para atender com exclusividade pacientes com o coronavírus. Autorizamos a montagem de três Hospitais de Campanha, se valendo das estruturas básicas do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital do Coração e César Cals, onde cada um terá 50 leitos disponíveis, totalizando mais 150 em Fortaleza. E também temos confirmados outros 150 leitos no interior, sendo 50 em cada hospital regional de Sobral, Quixeramobim e de Juazeiro do Norte”, listou Camilo Santana.

Como anunciado pelo governador, entre as ações do plano de contingência no enfrentamento ao novo coronavírus, da Secretaria da Saúde, o Governo do Ceará está a ampliação da rede de atendimento com aquisição de 574 leitos extras em Fortaleza e no interior.

O secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto, reforça que o Estado vem ao longo do último ano estruturando a sua rede nas regiões de saúde e que agora, solicitou ao Ministério da Saúde a habilitação de leitos de terapia intensiva que estão em viabilização. A ampliação deve ser autorizada em até 15 dias. “Estamos falando em disponibilizar leitos de UTI para Itapipoca, Iguatu, Icó, Tauá, Crateús, Tianguá e Aracati”. Além da criação de 50 leitos novos nos três hospitais regionais.

Ivan Coelho é superintendente regional de Fortaleza, da Secretaria da Saúde. Ele avalia que o número de leitos colocado em funcionamento é bastante significativo. “Também está sendo adquirido um grande número de ventiladores mecânicos e somado a isso estão sendo remanejados vários equipamentos para que hospitais possam atender à demanda que se avizinha”.

O superintendente ressalta ainda que já neste final de semana está chegando ao Ceará volume significativo de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e também de kits de testes de diagnósticos. “Com isso, certamente as unidades poderão trabalhar um pouco mais tranquilas na próxima semana. E ao longo dessa semana mais EPIs e insumos devem chegar. Essas aquisições, especialmente na questão dos exames, que estava sendo complexa, deve melhorar bastante já a partir do começo da semana”, acredita.

Os leitos extras estão distribuídos em todas as regiões do estado, da seguinte maneira:

Unidade Hospitalar Leitos de UTI Leitos de Internação
Hospital Leonardo da Vinci 130 100
Hospital de Messejana 20 30
HGF 16 34
Hospital Regional Norte 10 40
Hospital Regional do Sertão Central 10 40
Hospital Regional do Cariri 10 40
Hospital César Cals 50
IJF 44