PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Preços do caju e cebola em queda no entreposto da Ceasa em Maracanaú

9 de setembro de 2020 - 10:16 # # # # # # #

André Gurjão - Ascom SDA - Texto
Thiara Montefusco - Foto

O mercado agrícola inicia a semana com queda no preço do caju. O quilo da fruta custa no entreposto da Ceasa em Maracanaú entre R$ 1,50 e R$ 1,60 e a laranja pêra, também em retração, passa a valer R$ 2,20. O abacaxi permanece estável com a unidade saindo por R$ 3,50 e o maracujá registra alta: R$ 4,50/kg.

No setor das hortaliças e folhosas, a unidade de alface segue a R$ 1,50; bem como o par de cebolinha e o coentro, R$ 1. Os quilos da erva doce e da hortelã custam, respectivamente, R$ 16 e R$ 11. No setor de hortaliças e frutos, os preços da abóbora de leite, caboclo e jacarezinho seguem em queda e o preço vai de R$ 1,50 a R$ 1,60 por quilo.

O quilo do chuchu, vindo da região do Maciço de Baturité, é vendido R$ 1,20 e a espiga de milho verde custa apenas R$ 0,60. O pimentão de primeira é vendido a R$ 1,50/kg e os tomates cajá e longa vida custam, respectivamente, R$ 2,40 e R$ 2,80/kg. Outra grande oferta é o preço da cebola, que caiu para R$ 2,50 o quilo.

O quilo do alho nacional segue a R$ 17 e a batata doce chega à mão do consumidor por R$ 1,80. As beterrabas especial e extra custam R$ 2 e R$ 2,50, respectivamente, e o preço da cenoura varia entre R$ 2 e R$ 3. Por fim, o queijo coalho da região Jaguaribana está custando entre R$ 22 e R$ 23/kg. As informações são do analista de mercado da Ceasa, Odálio Girão.

 

Ouça:

Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa-CE, contextualiza os preços convidativos praticados nas frutas.

No setor das hortaliças, muitos são os produtos com preço em queda, como identifica o analista Odálio Girão.