PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Adagri prorroga por 180 dias a exigência da GTIV para a cultura da banana

16 de abril de 2021 - 13:30 # # # # #

Ascom Adagri - Texto
Thiara Montefusco - Ascom Casa Civil - Foto

Foi prorrogada pela Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), vinculada da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), por 180 dias, o início da vigência previsto na Portaria 02/2021 desta Agência, que dispõe sobre a inserção da cultura da banana, no controle de trânsito interno de vegetais. Com a medida a obrigação da Guia de Trânsito Interna Vegetal (GTIV) para a cultura da banana passará a ser solicitada somente a partir do dia 22 de setembro de 2021. A medida está em vigor desde o último dia 8 de abril.

Para a prorrogação foi levada em consideração a decretação e renovação do Isolamento Social Rígido em todo o estado do Ceará e o risco de contaminação por COVID-19 dos produtores que não dispõem de internet ao e precisam se deslocar aos Núcleos Locais da Adagri. “A grave crise financeira oriunda do desaquecimento da economia face o cenário pandêmico também motivou a decisão”, ressalta a presidente Vilma Freire.

A solicitação do documento por parte da Adagri tem o objetivo de melhorar a rastreabilidade do produto, a partir da identificação da origem, destino e meio de transporte utilizado na comercialização. “Outro fator importante da cobrança da GTIV é que os produtores da banana serão cadastrados e com isso a Agência realizará um planejamento estratégico para realizar as inspeções fitossanitárias para as doenças que acomete a banana, principalmente as pragas Sigatoka Negra e Moko da Bananeira, sendo o Ceará reconhecido pela MAPA área livres dessas pragas”, destaca a diretora de prevenção da Adagri, Neiliane Borges.