PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Urca recebe mais de 300 fósseis resultantes de ação da PF

19 de agosto de 2021 - 11:08 # # # #

Ascom Urca

Mais de 300 fósseis apreendidos em operação da Polícia Federal foram repassados à Universidade Regional do Cariri (Urca), nessa quarta-feira (18), durante solenidade com a presença do Ministério Público Federal (MPF), Superintendência da Polícia Federal (PF), Superintendência do Geopark Araripe e a direção do Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens, além da administração superior Urca. O material ficará sob a salvaguarda do Museu e poderá ser disponibilizado para pesquisas científicas. Atualmente, o equipamento desenvolve a campanha permanente Lugar de Fóssil é no Museu. Na ocasião, foi assinado o termo de entrega para repasse das peças.

A solenidade de entrega oficial dos fósseis aconteceu na sede do Geopark Araripe, no Crato. O material foi apreendido durante a operação denominada Santana Raptor, que investiga pesquisadores, mineradores, empresários e atravessadores de fósseis extraídos da Chapada do Araripe. Segundo a PF, ainda estão sendo levantadas informações sobre os envolvidos no caso, para a conclusão do inquérito.

O material corresponde a peças raras que foram apreendidas ano passado, através de mandados de busca e apreensão em Nova Olinda, Santana do Cariri e no Rio de Janeiro. Peças bem preservadas como libélulas, plantas, a exemplo de samambaias e pterossauros, foram repassadas à Urca. São fósseis do período cretáceo, com mais de 110 milhões de anos. As investigações que culminaram na apreensão foram iniciadas em 2017.