PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

SPS e IDT trabalham inserção de pessoas com problemas de uso de drogas

17 de setembro de 2021 - 17:08 # # # # # # #

Ascom SPS - Texto e Fotos

A Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) em parceria com o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT) estão desenvolvendo estratégias para gerar novas oportunidades de emprego e renda para pessoas com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas. O projeto é coordenado pela Secretaria Executiva de Política sobre Drogas da SPS, por meio do Centro de Referência sobre Drogas (CRD), a partir do planejamento, articulação de parcerias, mapeamento de áreas e territórios e preparação psicossocial e profissional das pessoas.

Os primeiros trabalhos foram iniciados com reuniões para confecção de ficha cadastral, identificação de demanda e disponibilidade de vagas no setor produtivo, e elaboração de currículos. A SPS também vem trabalhando, por meio do Caminhão do Cidadão, na emissão da documentação básica desse público.

“Esse é um segmento que exige atenção especial, compreensão e apoio. Precisamos promover a reinserção no mercado de trabalho, aumentando a autoestima e a autonomia e desenvolvendo a capacidade produtiva”, destaca a titular da SPS, Socorro França.

Entre os obstáculos à criação de oportunidades estão a pandemia, baixa experiência e qualificação profissional e problemas com documentação básica. “Precisamos articular diversos órgãos e atores sociais para construirmos, juntos, alternativas de geração de renda e superação do desemprego, um problema que se agrava muito na atual conjuntura do País, sobretudo para pessoas com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas”, aponta a secretária-executiva de Políticas sobre Drogas, Rachel Marques.

O presidente do IDT, Vladyson Viana, destaca a importância da parceria para a emancipação e resgate da dignidade humana de jovens e adultos. “Estamos formatando essa parceria com a SPS para construirmos estratégias concretas e oportunidades para pessoas e famílias com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas, através de processos de qualificação profissional e inclusão no mercado de trabalho, seja formal, ou em uma iniciativa de microcrédito, pelo empreendedorismo. Esse é um caminho para que reconstruam suas vidas com dignidade, e sigam uma trajetória de autonomia e de geração de renda, para si e suas famílias”, sinaliza Viana.

Caminhão do Cidadão

Para facilitar o registro civil da população em situação de rua, o Caminhão do Cidadão está realizando serviços de emissão da documentação básica, com RG, CPF e atestado de antecedentes criminais, em vários bairros e comunidades de Fortaleza. O atendimento ocorre das 9h às 16h.
Na próxima segunda-feira (20), o Caminhão do Cidadão estará no Campus da UECE, na Serinha, e na quarta-feira, 22, na Escola Delma Hermínia. Neste mês, mais de 500 pessoas em situação de rua já obtiveram a documentação de identificação civil.