PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Centro de Memória da Fazenda recebe visitas e conta a história dos 185 anos da Sefaz

15 de outubro de 2021 - 15:01 # # #

Natália Coutinho - Ascom Sefaz - Texto e Fotos


O Centro de Memória da Fazenda está de portas abertas e já faz parte da rota turística e histórica do Ceará. Nesta semana, turistas, cearenses, estudantes, pesquisadores, servidores e fazendários aposentados visitaram o novo espaço da Secretaria da Fazenda (Sefaz-CE). Durante a visita mediada, eles conheceram a trajetória de 185 anos da instituição e compreenderam mais sobre cidadania, educação fiscal e o papel social dos tributos. A visitação pode ser agendada pelo https://centrodememoria.sefaz.ce.gov.br/

“Vesti minha roupa social, vim até de paletó e gravata para prestigiar esse espaço. É um momento muito especial”, declarou o fazendário aposentado Raimundo Menescal ao entrar no Centro de Memória. Em um emocionante encontro entre as histórias vivas e as do passado, a visita dos servidores da Associação dos Aposentados Fazendários Estaduais do Ceará foi marcada pelas lembranças do tempo que eles dedicaram ao órgão.

A cada passo pela galeria de fotopinturas dos ex-secretários da Fazenda, o aposentado Nagibe Pontes, de 87 anos, rememorou os 45 anos de serviços prestados à Secretaria. “Eu comecei no dia 17 de setembro de 1959, primeiro em Arneiroz e depois fui para Jaguaretama. Vivi muito no Interior e andei o Ceará quase todo trabalhando para a Fazenda. O Centro de Memória foi uma bela iniciativa para guardar as histórias da Sefaz”, contou.

“Agora vamos entrar no cofre da Odalea?”, perguntou o servidor aposentado Gentil Teixeira, lembrando da fazendária Odalea Menezes, que mantinha sob sua guarda a chave do cofre da Secretaria. “Conhecer o Centro de Memória foi bom demais. Quando cheguei nessa Sefaz pela primeira vez, em 1963, eu subi essa escadaria contando os degraus. São 29 no total. Hoje, eu aproveitei para fazer a recontagem.”

Ponto turístico

Em Fortaleza pela primeira vez, o paraense Caio Cantanhede, de 23 anos, aproveitou a viagem para conhecer os pontos turísticos e culturais da cidade. “É uma oportunidade para aprender sobre a história do Ceará e a economia do Estado.”

Gustavo Teodoro, de Minas Gerais, também conheceu o Centro de Memória da Fazenda. “O clima é maravilhoso, as pessoas receptivas e com pontos históricos muito importantes. O Centro de Memória é muito interessante. Essa visita abriu meu conhecimento sobre meu papel de cidadão na sociedade.”

Centro de Memória da Fazenda

O Centro de Memória da Fazenda foi institucionalizado na data em que a Sefaz-CE completou 185 anos de trajetória ligada à história política e econômica do Estado. O Palácio da Fazenda, inaugurado em 27 de novembro de 1927, foi o primeiro bem tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Ceará, em 1982.

A reforma foi conduzida com todo zelo para manter as características originais do edifício, dentre elas o piso de ladrilho hidráulico. O novo espaço passa a integrar um conjunto arquitetônico do qual faz parte um vitral de seis metros de altura que retrata atividades econômicas realizadas no Ceará no início do século 20.

Exposição

Nesta primeira etapa, o Centro de Memória oferece ao público três ambientes, compostos por uma galeria de fotopinturas de ex-secretários da Fazenda e duas salas que vão exibir a exposição de longa duração “Notas de Memória”. A mostra utiliza recursos de multimídia para possibilitar uma maior interatividade com a história fazendária, que se confunde com a própria história do Ceará. Na exposição, o visitante mergulha no mundo dos tributos e reflete sobre a finalidade da arrecadação para a sociedade.

Um dos destaques é a sala-cofre, que em sua origem cumpriu a função de guardar os recursos arrecadados no Estado. Nesse ambiente, o visitante é chamado a refletir sobre a desmaterialização do dinheiro e a transformação em políticas públicas. Também pode conferir a instalação artística “Valor”, de Lara Albuquerque e Vitor Grilo.

Horário de funcionamento

O horário de funcionamento do Centro de Memória da Fazenda é de segunda a sexta, das 8h30 às 17h, com última entrada às 16h. Seguindo os protocolos sanitários contra a Covid-19, a visitação é permitida apenas mediante agendamento online. O limite de visitantes é de dez pessoas por horário.