Ceará é destaque em feira internacional de calçados

5 de julho de 2017 # # # #

Ana Beatriz Sugette Assessora de Imprensa - Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) Telefone: (85) 3457-3330 / 98878-2018 www.adece.ce.gov.br Twitter: twitter.com/adececeara Facebook: facebook.com/adececeara

Mais de 10 empresas cearenses expõem o potencial do Estado no setor calçadista durante a Francal 2017 (Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios), que acontece até esta quarta-feira (5), em São Paulo. A iniciativa é um apoio do Governo do Ceará, por meio da Agência de Desenvolvimento (Adece), da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), em parceria com o Sindicato das Indústrias de Calçados e Vestuários de Juazeiro do Norte (Sindindústria) e o Sebrae.

Em um estande de 400 metros quadrados, as empresas recebem os visitantes do evento, interessados em concretizar negócios e apresentam o trabalho desempenhado pelas indústrias cearenses.

“A Francal é um dos eventos mais importantes da indústria de calçados em todo o mundo. O Ceará é um expressivo polo calçadista, com presença de grandes marcas e geração de desenvolvimento econômico, com empregos, produção para o comércio nacional e internacional, fomento de toda uma cadeia produtiva em seu entorno. Assim, a intenção do Governo do Estado é ampliar essa atuação e também manter os investimentos no Ceará”, destaca o secretário Cesar Ribeiro.

Atração de investimentos

Mais de 10 prefeituras municipais cearenses também estão presentes no evento. Conforme a presidente da Adece, Nicolle Barbosa, a articulação feita pela Agência é uma maneira de fomentar a prospecção de novas empresas para atuarem no Estado, gerando emprego e renda. “Tivemos um primeiro contato com algumas indústrias em Franca, São Paulo, no mês passado. Agora, é o momento do diálogo entre empresas e os nossos prefeitos”, explica Nicolle.

Os municípios de Chorozinho, Coreaú, Caridade, Amontada, Crato, Missão Velha, Itapajé, Horizonte, Cascavel, Barreira, Icó, Juazeiro do Norte e Jaguaribe estão entre os presentes no evento representados por prefeitos e secretários.

Protagonismo

Nos cinco primeiros meses de 2017, o Ceará comercializou 18,23 milhões de pares de calçados para outros países. O número representa US$ 106 milhões. O Rio Grande do Sul desponta na segunda posição do número de calçados exportados e primeiro em valores gerados, com 11,3 milhões de pares que geraram US$ 183,44 milhões. São Paulo figura na terceira posição do ranking, com 3,58 milhões de pares embarcados e receita de US$ 52,58 milhões.

Entre janeiro e maio os Estados Unidos importaram 4,7 milhões de pares de calçados brasileiros, sendo o principal país a comercializar os produtos, gerando US$ 79,27 milhões em compras. A Argentina foi o segundo destino do período, totalizando 3,57 milhões de pares importados por US$ 56,17 milhões. O Paraguai figura na terceira posição do país que mais importou do Brasil, com 5,75 milhões de pares por US$ 39 milhões.