Nutec articula com GNR para produzir biogás a partir do lixo

17 de julho de 2017 # # #

Louise Mezzedimi Jornalista - (85) 9.9985.7989

O gás é uma alternativa de geração de energia elétrica em substituição ao gás natural

O gerente de implantação de projetos da Ecometano, Thales Motta, apresentou o projeto do biogás na última semana para diretores e gerentes do Nutec. Hoje, a Ecofor Ambiental recolhe cerca de 5.000 toneladas de resíduos diariamente. O destino final é o Aterro Sanitário Municipal Oeste de Caucaia (ASMOC). A partir de agosto, a GNR Fortaleza (sociedade entre Ecometano e Ecofor) deverá produzir cerca de 150.000 m³ por dia de biogás através do lixo do aterro.

A pauta da reunião foi a parceria entre as duas entidades para atender a demanda de energia. Entre as possibilidades, o Nutec faria a análises para atender a Resolução da ANP nº 685. Dentre as análises está prevista a análise de composição do biogás e análise microbiológica. Além disso, a instituição estaria encarregada da calibração de alguns equipamentos da usina.

Além da geração de energia, também será possível evitar que mais de 610 toneladas de CO2 (subscrito) sejam lançadas na atmosfera anualmente, equivalentes à retirada diária de mais de 150 mil litros de diesel do setor de transportes.
Biogás

O biogás é o gás produzido a partir da decomposição da matéria orgânica (resíduos orgânicos) por bactérias. Na geração de energia do biogás, ocorre a conversão da energia química do gás em energia mecânica por meio de um processo controlado de combustão; essa energia mecânica ativa um gerador que produz energia elétrica. O biogás também pode ser usado em caldeiras por meio de sua queima direta para a cogeração de energia.