Preço da banana cai 25% na Ceasa Ceará

19 de julho de 2017 # # #

Assessoria de Comunicação Karla Camila Sousa imprensa@ceasa-ce.com.br 85-3299-1701

Na Ceasa, a banana ocupa o primeiro lugar no ranking dos dez alimentos mais comercializados

O velho ditado popular “a preço de banana” passou um bom tempo sem poder ser citado, pois os valores da fruta estavam bem elevados durante o primeiro semestre do ano. Na Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa), a banana chegou a ser comercializada, em maio, por R$ 4,00 o quilo. O cenário vem mudando já que a fruta passou a ser vendida por R$ 3,00 nesta primeira quinzena de julho, registrando uma queda de 25% em relação ao mês de maio.

A explicação para a alta nos preços da banana durante o primeiro semestre, segundo Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa Ceará foi a entressafra, período de intervalo na plantação, que acontece entre os meses de fevereiro a maio. Ele ressalta que a entressafra prejudica principalmente o pequeno produtor que não dispõe de áreas irrigadas. “Com o advento das boas chuvas e fim de entressafra, as novas colheitas nos meses junho e julho influenciaram a queda nos preços das variedades da banana na Ceasa”, frisa Odálio Girão.

Na Ceasa a banana ocupa o primeiro lugar no ranking dos dez alimentos mais comercializados. A fruta vendida no entreposto de Maracanaú provém do Maciço de Baturité, nos municípios de Redenção, Pacoti, Palmácia, Baturité, Aratuba e Capistrano. A banana é cultivada também no baixo Jaguaribe, nos municípios de Limoeiro do Norte, Quixeré e Russas e na região do Cariri é plantada em Missão Velha e Mauriti.

Além dos municípios cearenses, a Ceasa Ceará recebe banana dos estados de Pernambuco, Bahia, Sergipe e Minas Gerais. Odálio Girão ressalta que a tendência é a oferta aumentar nos próximos meses e os preços devem continuar em baixa.