Aeroporto de Aracati se prepara para receber inspeção da ANAC

25 de Abril de 2018 # # # #

Imagem da pista de pouso do aeroporto de Aracati, no litoral leste do Ceará.
 
O Aeroporto de Aracati, importante equipamento para incremento do turismo e da economia do Estado, estará pronto para receber a equipe de inspeção da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em um mês. A vistoria vai permitir a emissão da certificação definitiva para a operação de voos comerciais e de voos por instrumentos.
 
O Departamento Estadual de Rodovias – DER está cumprindo a última exigência da ANAC para a emissão do documento, que é a ampliação da faixa de pista. De acordo com o gerente de aeroportos do DER, coronel Paulo Edson, a pista tem 75 metros para cada lado. Com a ampliação, passará para 140 metros para cada lado, proporcionando uma maior segurança para a operação de pousos e de decolagens. A ampliação permitirá ainda que o equipamento deixe de operar por VFR, voo visual, para operar por IRF, voo por instrumento. O aeroporto já recebeu a certificação da Estação Prestadora de Serviço de Telecomunicações – EPTA e do Indicador de Percurso de Aproximação de Precisão – PAPI, emitida pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo – DECEA.

Nova dinâmica ao turismo

Quando estiver em operação comercial, o Aeroporto de Aracati vai proporcionar uma nova dinâmica ao turismo do Litoral Leste do Estado, dando apoio aos empreendimentos turísticos que se instalam na região, especialmente nos municípios de Beberibe, Icapuí, Fortim e Aracati, e até mesmo em Mossoró/RN, que dista cerca de 90 Km do equipamento cearense, e não dispõe de aeroporto certificado para voos comerciais regulares para aeronaves de grande porte. Além de deixar a região acessível aos principais mercados emissores por via aérea, o Aeroporto de Aracati poderá receber voos nacionais, o que proporcionará incremento da cadeia econômica na região e criará um novo canal de escoamento da produção local com destino aos mercados consumidores.