PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Enem 2019: reta final de estudos requer dedicação extra e preparo emocional

25 de outubro de 2019 - 14:27 # # # # # #

Bruno Mota - Ascom Seduc

Faltando dez dias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, as escolas da rede pública estadual intensificam as ações de preparação dos estudantes para a realização das provas. Atividades dinâmicas, incluindo aulões, acompanhamento individualizado, palestras motivacionais e apresentações culturais são algumas das estratégias adotadas com o objetivo de que os alunos sintam-se mais seguros e relaxados nos dias de avaliação. Neste ano, inscreveram-se no Exame 106.505 estudantes da 3ª série do ensino médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA – II). As provas serão realizadas nos próximos dias 3 e 10 de novembro.

Giovanna Lima, de 17 anos, aluna da 3ª série da Escola de Ensino Médio (EEM) José Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, pretende cursar Gastronomia na universidade. “É algo que gosto desde pequena”, revela. A estudante conta que vem se preparando desde o início do ano. “A escola tem dado total apoio e, além das matérias de sala, estamos tendo aulões e professores convidados de outras escolas. Isso tem ajudado bastante, principalmente nos conteúdos que não tinha conseguido aprender nas aulas. Em casa, faço as revisões”, conta.

Em relação à parte emocional, a jovem tem procurado não se pressionar excessivamente. “Sou bem ansiosa, mas estou tentando não me preocupar demais, ir com calma”, lembrando que assim pode ter melhor concentração e aumentar o rendimento na solução das questões.

União

Silvandira Mesquita, diretora da Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Adriano Nobre, localizada em Itapajé, considera fundamental o empenho da equipe de professores e funcionários da unidade de ensino, em busca do mesmo ideal. “É muito bom fazer parte de uma escola que traz excelentes resultados desde 2011, quando participou do Enem pela primeira vez. O diferencial para tudo isso é um time focado na aprendizagem de seus alunos, não só acadêmica, mas social, emocional, espiritual e profissional”, considera. A gestora também enaltece a parceria desenvolvida com as famílias dos estudantes, que são incentivadas a acompanhar a vida escolar dos filhos.

Além disso, conforme Silvandira, há diversas ações voltadas, especificamente para o Enem. “Aulões extras, simulados, aulas de leituras, atualidades, monitorias, produções de redações com retornos individuais e muita resolução de questões”, explica.

Orientações

Géssica Mendonça Lima, professora de Matemática do Liceu Estadual Professor Domingos Brasileiro, no bairro Planalto Ayrton Senna, em Fortaleza, ressalta o cuidado que os alunos precisam ter em relação à organização quanto ao tempo gasto nas questões. “Devem estar atentos ao nível de dificuldade dos itens, iniciando a prova pelos mais fáceis e seguindo gradativamente”, aponta.

Outra maneira de despertar a motivação dos jovens, segundo a professora, é mostrar depoimentos de ex-alunos da escola que obtiveram êxito no Enem, contribuindo para elevar a autoestima dos que agora estão diante do desafio.

“Nas semanas que antecedem ao Exame trabalhamos diretamente com o socioemocional do aluno, utilizando espaços atrativos e atividades que possam estimular a presença dele nos dois dias de prova. Especificamente, nas aulas de Matemática, relacionamos os conceitos da disciplina com o dia a dia, comparamos fórmulas com frases e bordões conhecidos e ainda utilizamos o espaço físico da escola para a ilustração de conceitos geométricos. A ideia é situá-los em um mundo imerso na matemática e plantar a curiosidade de conhecê-la cada vez mais, de maneira natural”, esclarece

O Ceará continua colhendo bons resultados pelo planejamento e investimentos realizados na educação. O número de alunos aprovados em universidades públicas e privadas no ano de 2018 foi 20.207, o que representa um crescimento de 19,6% em relação a 2017, quando 16.897 jovens conseguiram acesso ao Ensino Superior.

Enem Chego Junto, Chego Bem

A Seduc lança anualmente as ações do Projeto Enem Chego Junto, Chego Bem, que tem a finalidade de mobilizar, motivar e preparar os alunos da rede pública estadual para a realização do Exame. A ação acontece durante todo o ano letivo em sete etapas: (1) Documentação – garantir que os alunos da 3ª série e EJA do ensino médio possuam os documentos (RG e CPF) ; (2) Isenção de Taxa – obter isenção da taxa de inscrição para 100% dos alunos da rede; (3) Inscrição – assegurar 100% dos alunos de 3ª série e EJA do ensino médio inscritos no Enem; (4) Motivação – promover ações pedagógicas de estudo para o Enem; (5) Preparação – propiciar ações pedagógicas para desenvolver as habilidades dos estudantes; (6) #enemvou2dias – incentivar a participação dos inscritos no Exame garantindo transporte e oferecendo pontos de apoio nos dias das provas e (7) Ingresso – orientar para o acesso ao ensino superior.

A Seduc vem compartilhando em suas redes sociais (Facebook e Instagram) dicas para a boa realização das provas, desde o mês de junho passado. Desta forma, amplia o alcance de suas ações, favorecendo o entendimento dos conteúdos exigidos de forma simples, clara e direta.

Para incentivar a participação nas datas do Exame, a Seduc realiza a campanha #enemvoudoisdias, que assegura apoio e transporte aos locais de prova. Do total de inscritos na capital, 17 mil receberão, na própria carteira de estudante, créditos para pagar as passagens de ônibus nos dois dias de prova. Outros 7.056 alunos, por não possuírem o documento, utilizarão o “Passaporte Enem”, um cartão entregue pela Seduc, nas escolas, que permitirá o transporte nas datas do Exame.

Alunos de Caucaia, Maracanaú, Maranguape, Itaitinga, Eusébio e Aquiraz que farão o Exame em outro município, também contarão com o benefício. No interior, a Seduc destaca a parceria com as Secretarias Municipais de Educação para o transporte dos inscritos nos dois dias.