PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Vice-Governadora participa de solenidade para execução do programa Fazendo Justiça

8 de fevereiro de 2021 - 17:19 # # #

João Paulo Guedes - Ascom Gabinete da Vice-Governadora - Texto e Fotos

A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, participou remotamente de solenidade promovida pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) na manhã desta segunda-feira (8). O evento marcou a assinatura do termo técnico de cooperação que busca desenvolver ações conjuntas objetivando a execução do Plano Executivo Estadual do programa Fazendo Justiça em todo território cearense. A ação conta com o apoio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, além do Ministério da Justiça e da Segurança Pública.

Também participaram do evento a presidente do TJCE, Maria Nailde Pinheiro Nogueira, o vice-presidente da casa, Antônio Abelardo Benevides Moraes, o supervisor do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Socioeducativo (GMF), Henrique Jorge Holanda, a supervisora da pasta, Luiza Teixeira, além de representantes do CNJ.

Izolda Cela aproveitou a oportunidade para salientar as similaridades do governo com toda a agenda proposta pelo programa Fazendo Justiça. “Em nome do governador Camilo Santana, gostaria de reafirmar o compromisso da nossa administração com a pauta, uma agenda convergente com nossas ideias, discutida aqui neste dia. É também nossa obrigação manter firme essa parceria”, disse.

A vice-governadora comemorou os avanços feitos nos últimos anos em relação à segurança pública, mas lembrou que os desafios são frequentes. “Quando olhamos para o passado recente e vemos o agora percebemos mudanças importantes. É algo animador, mas os nossos desafios são robustos, complexos e para que nós possamos conseguir sucesso cada um precisa fazer a sua parte”, pontuou.

Maria Nailde Pinheiro Nogueira ressaltou o importante papel dos poderes públicos no processo de recuperação da população carcerária. “É uma temática importante que exige de todos nós uma preocupação. Reafirmo o compromisso e a parceria de nossa Instituição com o CNJ. O Judiciário estadual está atento a todas as ações que venham contribuir para o fortalecimento do sistema penal e socioeducativo. A população carcerária necessita ser muito bem acompanhada, principalmente na parte da inclusão, pois o preso, ao cumprir a pena, deve ter a oportunidade de voltar ao convívio social, ser acolhido”, afirmou.

Fazendo Justiça

O programa Fazendo Justiça tem como finalidade qualificar a aplicação das penas e medidas socioeducativas, garantir dignidade às pessoas privadas de liberdade e egressas dos sistemas prisional e socioeducativo, e também aperfeiçoar a capacidade de gestão da política judiciária. Com o apoio do Governo do Estado, através de outras ações como o Programa Integrado de Prevenção e Redução da Violência (PReVio), um dos objetivos é a superação de desafios estruturais que caracterizam a privação de liberdade no Brasil.

“Estou absolutamente convicta e esperançosa. Penso que é uma agenda extremamente convergente com os nossos compromissos, com a visão do governador, além de ser algo compartilhado com todas as instituições do sistema de segurança e justiça”, finalizou a vice-governadora.