PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Gestores da Sefaz apresentam resultados estratégicos alcançados em 2020 e 2021

1 de julho de 2021 - 14:08 # # # # # #

Raquel Mourão - Ascom Sefaz

A Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE) realizou a 3ª edição online do Encontro de Gestores, que reuniu cerca de 150 lideranças do órgão. O evento contou com palestras e com a apresentação dos resultados estratégicos alcançados pelas áreas da Sefaz em 2020 e nos primeiros meses de 2021. O primeiro momento do encontro foi dedicado à palestra “Sefaz infinita: uma jornada para transformação”, ministrada pela secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba. A atividade, parte do 21º Conecte-se Online, foi transmitida ao vivo pelo canal da Sefaz no YouTube.

A secretária explicou que tomou como base o livro “O jogo infinito”, de Simon Sinek, para ministrar a palestra. Ela contou que, na obra, o autor estabelece uma diferença entre jogo finito e infinito. No primeiro, os jogadores são conhecidos, as regras são fixas e há um objetivo comum que, ao ser alcançado, encerra o jogo. Segundo ela, Sinek cita como exemplo desse tipo de disputa uma partida de futebol. Ao destrinchar o conceito definido pelo escritor para jogo infinito, a secretária disse que, nessa modalidade, os jogadores são conhecidos e desconhecidos, não existem regras precisas ou acordadas e a maneira como o jogo se desenvolve pode mudar, tal como nos negócios, na política e na própria vida.

Para a titular da Sefaz, os gestores precisam liderar as equipes com uma mentalidade focada no infinito, de modo a ter organizações mais inovadoras e inspiradoras. “Líderes de mentalidade infinita trabalham para que as pessoas continuem inspiradas a continuar contribuindo com seus esforços. Servidores com mentalidade infinita querem deixar suas organizações em melhor situação do que as encontraram”.

Resultados estratégicos

Após a exposição da secretária Fernanda Pacobahyba, os gestores se reuniram virtualmente para compartilhar ações institucionais, desafios e perspectivas da atual gestão. As lideranças também assistiram a palestras sobre liderança e comunicação não-violenta.

A secretária executiva de Planejamento e Gestão Interna, Sandra Machado, fez uma explanação sobre o Mapa Estratégico 2020-2023, no qual se pôde ver a missão, a visão e os objetivos (de resultado, finalísticos e de suporte) da Secretaria. Ela também apresentou os resultados estratégicos alcançados no ano passado.

Ao analisar a gestão da estratégia por secretarias executivas, Sandra Machado disse que o resultado estratégico é responsabilidade de todos. “Não só do corpo gerencial, mas também de todas as equipes. E nós reconhecemos as dificuldades de manter o ritmo de funcionamento nesse período em que não estamos presencialmente, mas observamos também um grande empenho de todas as pessoas envolvidas em fazer valer o seu trabalho e as metas acordadas”, enfatizou a titular da Secex-PGI.

Na sequência, a secretária executiva da Receita, Liana Machado, expôs de forma detalhada indicadores e metas determinados para as oito áreas que coordena. São elas: Coordenadoria de Arrecadação e Tributação (Coart), Coordenadoria de Análise Avançada de Dados (Coaad), Contencioso Administrativo Tributário (Conat), Coordenadoria de Atendimento e Execução (Coate), Coordenadoria de Tributação (Cotri), Coordenadoria de Planejamento (Copaf), Coordenadoria de Fiscalização de Mercadorias em Trânsito (Cofit) e Coordenadoria de Monitoramento e Fiscalização (Comfi).

A gestora da Receita também revelou o percentual de alcance, até maio deste ano, das metas pactuadas para cada área relativas ao ano de 2021. Ela ainda mostrou a performance dos projetos estratégicos “Contribuinte Pai d’Égua”, “Atendimento 4.0”, “Consolidação das Regras de ICMS” e “Posto Fiscal Inteligente”, destacando os objetivos de cada um. “Gostaria de ter mais tempo, mas o tempo é o que é, inexorável, e a gente precisa observar o presente. Tirar dele essas soluções e pensar sobre esse presente, como a gente pode fazer juntos”.

O secretário Fabrízio Gomes parabenizou todos os gestores fazendários pelo serviços prestados à sociedade. Ele também ressaltou o desempenho das três áreas vinculadas ao Tesouro: Coordenadoria de Gestão Fiscal (Cofis), Coordenadoria de Gestão Financeira (Cogef) e Coordenadoria de Gestão da Execução Orçamentária, Patrimonial e Contábil (Copac).

Seguindo o mesmo modelo utilizado na apresentação da Secretaria da Receita, ele destacou os indicadores, metas e resultados das coordenadorias. Também chamou atenção para o projeto estratégico Aleteia, em andamento, cujo objetivo é implementar um novo sistema de gestão financeira, fiscal e contábil do Governo. “A ideia é que ele seja integrado a todos os outros sistemas do Estado, permitindo a melhoria da qualidade da gestão do Estado como um todo”.

A secretária Sandra Machado também elogiou o trabalho das unidades que gerencia, quais sejam Coordenadoria de Desenvolvimento Institucional e Planejamento (Codip), Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Cotic), Coordenadoria de Gestão de Pessoas (Cogep), Coordenadoria Administrativa Financeira, e também das unidades de assessoramento ao gabinete, Coordenadoria de Relações Institucionais (Corins), Corregedoria, Assessoria Jurídica e Asseoria de Controle Interno e Ouvidoria (Ascoi).

A titular da Secex-PGI falou ainda dos percentuais de alcance das metas pactuadas com os gestores de cada área e deu destaque para os projetos estratégicos “Sefaz Orientada a Processos”, “Meritocracia 4.0”, “Sua Nota Tem Valor” e “Segurança Orgânica”.

Palestras

Durante o encontro, os gestores tiveram a oportunidade de participar da vivência “O caminho de liderar começa com liderar-se”, conduzida pelo estrategista de carreira e negócios, ator e professor, Rodrigo Apolinário. “Quanto mais você tiver olhando para dentro, mais será um gestor que vai conseguir se comunicar bem para fora. Você vai ter mais possibilidade de servir ao outro”, disse.

A especialista em mediação de conflitos, Carolina Nalon, também ministrou a palestra “Comunicação Não-Violenta na Prática” para os participantes. Segundo ela, esse tipo de abordagem possibilita a construção de relações mais harmoniosas. “A comunicação não-violenta não vai ser um ajuste de palavras. Eu não estou buscando falar bonito para os outros, estou procurando escutar bonito, porque é a partir dessa escuta que pode aparecer a conexão e a confiança entre a gente.”

A 3ª edição online do Encontro de Gestores foi uma realização da Secretaria Executiva de Planejamento e Gestão Interna (Secex-PGI), com atuação da Célula de Desenvolvimento de Pessoas (Cedep) e da Coordenação de Desenvolvimento Institucional e Planejamento (Codip).