PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Setembro Amarelo: unidades da Sesa realizam programação sobre prevenção ao suicídio

23 de setembro de 2021 - 12:47 # # # # # # # #

Bruno Brandão (HGWA), Débora Morais (Helv), Márcia Catunda (UPAs), Teresa Fernandes (HRN) e Valéria Alves (HRC) - Texto
Ascom Sesa - Fotos


No Hospital Estadual Leonardo da Vinci, atividades lúdicas proporcionaram integração de profissionais da saúde

As unidades da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) administradas pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) realizaram uma programação em alusão à campanha Setembro Amarelo com foco nos colaboradores. O movimento, que ganha mais destaque no Brasil a cada ano, foi iniciado no País em 2014 para conscientizar a sociedade sobre prevenção ao suicídio e valorização da vida.

Em razão de todos os reflexos da pandemia de Covid-19, a campanha no Hospital Estadual Leonardo da Vinci (Helv), unidade adquirida em 2020 pelo Governo do Ceará durante o período pandêmico, ganhou maior relevância por ser um equipamento que surgiu para tratar acometidos pela doença. Muitos profissionais de saúde foram impactados pelo cenário epidemiológico no Estado, principalmente durante a primeira e a segunda ondas, o que pode refletir na estabilização da saúde mental dos trabalhadores.

Diante deste cenário, foi feita uma campanha voltada aos profissionais, em que foi realizado um momento lúdico, com elementos da musicoterapia, para proporcionar a integração dos participantes. A partir da música O Que É, O Que É?, de Gonzaguinha, foi feita uma reflexão de forma vivencial.

“O que a gente precisa é fazer campanhas de orientação, de esclarecimento, para que as pessoas saibam reconhecer um quadro depressivo. Esse momento que tivemos foi muito importante. Todos participaram, cantaram, tocaram os instrumentos e ficaram informados”, destacou a coordenadora de Psicologia do Helv, Narjara Brígido.

Na Casa de Cuidados do Ceará (CCC), até sexta-feira (24), dia em que o equipamento completa três meses, uma roda de conversa sobre saúde mental será realizada para cuidadores e alguns pacientes. “E, ao fim, construiremos juntos um painel com mensagens de valorização da vida, na área externa, próximo à piscina”, detalha Lorena Coelho, psicóloga que atua no espaço.

No Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), ações vêm sendo produzidas pelos trabalhadores desde o último dia 10, Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Profissionais de Psicologia de uma empresa parceira ministraram exposição com a distribuição de cartas amarelas, com mensagens positivas, e de broche da mesma cor, símbolo da campanha. Ainda na programação, profissionais de Fisioterapia e Estética parceiros ofereceram serviços de massagem e higienização facial. Uma blitz postural, com dicas de ergonomia para os setores do hospital, também foi preparada.

UPAs

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) José Walter, da rede estadual, está promovendo, em alusão ao Setembro Amarelo, o projeto “Gotinhas de Amor”. “Cada vida merece o cuidado, então temos muitas frases para serem lidas sempre que a pessoa estiver com vontade de refletir “, pontua a coordenadora de Enfermagem do equipamento, Vilania Moreira.


Ação na UPA José Walter incentivou profissionais de saúde a escreverem cartinhas motivacionais 

Na ação, o profissional também tem a opção de deixar um recado para alguém. Além das mensagens motivacionais, os participantes recebem brindes, como gotas de chocolate e carrinhos de brinquedo.

Na UPA Messejana, um painel com diversas frases motivacionais foi montado. A unidade também irá realizar nos próximos dias uma palestra sobre cuidados com a saúde mental dos colaboradores.

Interior

No Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, foi desenvolvido o Programa de Qualidade de Vida do Trabalhador, que contempla apoio psicológico e um projeto de acolhimento aos profissionais enlutados. O núcleo de Psicologia do HRN implantou, ainda na primeira onda da pandemia de Covid-19, o acompanhamento psicológico de colaboradores. Durante a segunda onda, foi estruturado também um acompanhamento específico para os profissionais de luto. Além disso, com rodas de conversa, o hospital permite a escuta dos trabalhadores sobre suas demandas, abrindo espaço para que compartilhem seus sentimentos.


Profissionais de saúde do HRC promoveram dinâmica para abordar a temática da saúde mental

O Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt) do Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, está visitando os setores e conversando com os colaboradores. Com um dado, a equipe faz uma dinâmica para abordar a temática da saúde mental. A cada pergunta escolhida a partir do jogo, o Sesmt explica sobre os sinais de problemas como ansiedade e depressão. Outro ponto abordado é sobre o atendimento realizado para os trabalhadores. Uma psicóloga voluntária, com suporte de estagiárias, faz o acompanhamento de forma on-line.

Curso

A Escola de Saúde e Gestão (ESG) do ISGH lançou uma formação gratuita para toda a sociedade com o objetivo de ajudar pessoas que lutam contra a depressão. O curso “Prevenção ao Suicídio: O que você precisa saber” é ministrado pelo psiquiatra e mestre em saúde mental Joel Pinto. “Nesse curso, você encontrará uma apresentação com dicas importantes sobre a prevenção ao suicídio, um infográfico com a síntese do que foi abordado e slides para aprender ainda mais sobre o tema. É indicado para quem está passando por momentos difíceis ou quem está ajudando pessoas com apoio emocional”, explica o profissional. As inscrições estão abertas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 32 pessoas tiram diariamente a própria vida no Brasil, o que significa que o suicídio mata mais brasileiros do que doenças como aids e câncer. Por ano, no País, são registrados em torno de 12 mil suicídios. No mundo, este número chega a mais de um milhão.