PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Administração pública não terá ponto facultativo no Carnaval; recomendação é a mesma para empresas

4 de fevereiro de 2022 - 17:52 # # # #

Ana Flávia Gomes - Ascom Casa Civil Texto
Ascom Casa Civil e Helene Santos Fotos

Veto às festas em espaços públicos e privados segue para o período. Eventos corporativos têm novas regras

O Comitê Deliberativo de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus no Ceará, em reunião nesta sexta-feira (4), revolveu pela manutenção do veto às festas de Pré e Carnaval. Para reforçar esta medida de controle sanitário para o período, não haverá ponto facultativo na administração pública e as instituições de ensino e empresas receberão a recomendação de manter funcionamento normal.

Deverá haver “compensação, em data futura, dos dias trabalhados nesse período”, conforme informou o governador Camilo Santana em publicação nas redes sociais, anunciando as medidas definidas pelo Comitê. “A fiscalização deverá ser intensificada”, também apontou.

Para eventos corporativos, não festivos, há atualização das regras. “Para congressos, seminários e outros eventos corporativos, não festivos, a capacidade fica ampliada para 1.500 pessoas em ambientes fechados e 3.000 em ambientes abertos”, registrou na publicação.

Outras regras seguem vigentes, como a limitação do público dos estádios a 30% da capacidade; a obrigatoriedade da máscara padrão N95 ou similar para trabalhadores de farmácias, supermercados e escolas; e as limitações à realização de eventos festivos, sociais e culturais (como casamentos e formaturas). “Definimos pela manutenção da capacidade para eventos de 250 pessoas em ambientes fechados e 500 pessoas em ambientes abertos. Sempre com o cumprimento dos protocolos sanitários e a exigência do passaporte da vacina”, afirmou o governador.

“Continuamos firmes na luta para vencer mais essa onda da pandemia. E juntos estamos conseguindo, com o apoio fundamental da população e a vacinação para todos e todas”, concluiu.

Vacinação

Com mais de 16,2 milhões de doses de vacina contra covid-19 aplicadas, as equipes de saúde reforçam a importância da manutenção do passaporte vacinal em dia, com as três doses tomadas no intervalo certo.

Enquanto isso, avança a imunização das crianças entre 5 e 11 anos. Com 190 mil doses pediátricas recebidas até o fim de janeiro, mais de 184 mil foram aplicadas até essa quinta-feira (3).

O Ceará tem 904 mil crianças em idade de tomar a vacina. Deste total, 526 mil já estão com cadastro confirmado para receber aplicação. Outros 198 mil estão com a confirmação por email pendente.

Cadastro

A plataforma Saúde Digital é o sistema que viabiliza o cálculo de envio de vacinas por municípios e serve para agendamento às gestões de saúde municipais aderentes. Para fazer o cadastro, basta acessar o Saúde Digital, dispondo do número do Cartão Nacional de Saúde (CNS) da criança. Quem já tomou qualquer vacina ou recebeu qualquer atendimento nos serviços públicos de saúde, já possui a numeração do CNS. Esse número consta tanto no cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) quanto nos cartões de plano de saúde. A numeração também pode ser verificada pelo site ou aplicativo ConecteSUS.

Quem não tem CNS ou não sabe o número, pode procurar postos de saúde e solicitar consulta ou emissão do cartão. É necessário apresentar documento oficial de identificação e comprovante de residência.

A Sesa disponibiliza um canal para a população tirar dúvidas sobre o cadastro de vacinação contra a covid-19 e testagem contra a doença. Os questionamentos devem ser enviados para o e-mail.