PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

No HRN, mensagens positivas trazem esperança a pacientes e colaboradores

7 de junho de 2022 - 10:58 # # # #

Teresa Fernandes - Ascom HRN Texto e Foto

As mensagens foram entregues junto à vestimenta hospitalar, para os trabalhadores do equipamento, e ao enxoval, no caso dos usuários do serviço público de saúde

Receber uma mensagem de incentivo quando se está na luta contra uma doença, caso seja um paciente, ou no início de um plantão, caso seja um profissional de saúde, é reconfortante. Para trazer esperança e melhorar o cotidiano de quem está recebendo assistência e de colaboradores, o Hospital Regional Norte (HRN), vinculado à Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), promoveu a ação Melhore seu Dia.

A iniciativa foi do setor de Rouparia da unidade. As mensagens foram entregues junto à vestimenta hospitalar, para os trabalhadores do equipamento, e ao enxoval, no caso dos usuários do serviço público de saúde. “Foi uma ação simples, com mensagens de incentivo desejando bom trabalho e trazendo esperança para os pacientes”, ressalta a coordenadora da Rouparia e da Hotelaria do HRN, Geisiane Silva Melo.

O sentido do amor foi o tema do bilhete que o militar agregado Antonio Hermenegildo Lopes, 64, recebeu junto com a roupa de cama. “É bom receber uma mensagem assim. Aqui diz que é preciso amar tudo e todos. O amor é importante para todo mundo”, ensina. É a segunda vez que o morador de Graça, município distante cerca de 75 km de Sobral, está internado no equipamento do Governo do Ceará.

Outro paciente, o chefe de cozinha Francisco Pontes Morais, 55, escutava emocionado a mensagem. “É maravilhoso. É uma iniciativa muito bonita”, avalia. De Reriutaba, a 70 km de Sobral, Morais está internado no HRN para se recuperar de uma insuficiência cardíaca descompensada (ICD).

Entre os colaboradores, a experiência foi empolgante. “Essa mensagem fala em sorrir e agradecer. E eu tenho motivo para sorrir e agradecer porque estou viva, porque posso cuidar dos outros, de quem precisa. Com certeza, essa ação é bem interessante”, ressalta a técnica em Enfermagem Clarice Silva Xavier.