SPD investe na reinserção social e profissional de usuários de drogas

14 de setembro de 2017 # # # #

Fernando Brito - Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br - (85) 3238.5090 | 99910.3443

160 dependentes químicos serão beneficiados com o Projeto Criando Oportunidades

Quarenta pessoas acolhidas em Comunidades Terapêuticas (CTs) que prestam serviço à Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) iniciaram na quarta-feira (13) a participação em cursos gratuitos no âmbito do Projeto Criando Oportunidades – Edição 2017. A ação está sendo efetivada graças a parceria firmada entre a SPD e a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) do Governo do Ceará. Ao todo, 160 acolhidos serão contemplados em oito CTs no Ceará até o final do ano.

Os primeiros beneficiados – 20 homens e 20 mulheres – estão acolhidos nas CTs O Caminho e Maria Bonita, respectivamente, localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Eles serão qualificados em pintura e textura em paredes e produção de sabonete artesanal / embalagens.

A secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Aline Bezerra Câncio, prestigiou a primeira aula na CT Maria Bonita, na tarde da quarta-feira, 13. Ela fez questão de cumprimentar as alunas pela disposição em aprender um ofício a ser abraçado após a conclusão do período de acolhimento. As participantes só têm um desejo: descobrir uma nova trilha para suas vidas, longe das drogas.

Também estiveram presentes à CT a coordenadora de Políticas sobre Drogas da SPD, Alessandra Pimentel; diretores da instituição e representantes da coordenação do ‘Criando Oportunidades’ no âmbito do Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Indesa).

Na manhã da quarta-feira, o secretário Especial Adjunto de Políticas sobre Drogas, Cláudio Saraiva, participou da abertura do curso de pintura e textura em paredes na CT O Caminho, com a presença de representantes do ‘Criando Oportunidades’ na STDS, da ONG Indesa e diretores da CT.

A Indesa é uma das ONGs responsáveis pela execução do projeto de capacitação nas comunidades terapêuticas. As demais são o Instituto para o Desenvolvimento Tecnológico e Social (Idear), a Organização Barreira Amigos Solidários (Obas) e a Associação Aliança Comunitária Cearense (AACC).

Ao final das aulas, os beneficiados receberão certificado de conclusão do respectivo curso e participarão do sorteio de kits contendo equipamentos básicos para que possam dar os primeiros passos na nova profissão em que foram capacitados. Os cursos terão o acompanhamento da Coordenadoria de Políticas sobre Drogas (Copod) da SPD. A duração é de 80 horas/aula.

A secretária Aline Bezerra Câncio reforça que, este ano, 160 acolhidos em 10 CTs serão favorecidos com o Projeto Criando Oportunidades. As entidades estão distribuídas por Fortaleza, Região Metropolitana (RMF), Cariri e Zona Norte do Estado. Desde a efetivação da parceria entre a SPD e a STDS, mais de 400 dependentes químicos aprenderam uma nova profissão ou realizaram seu primeiro aprendizado com direito a certificado.

Além dos cursos de pintura e textura em paredes e produção de sabonete artesanal / embalagens, as outras capacitações gratuitas ofertadas este ano são: eletricista predial, cabeleireiro e confeiteiro (doces e salgados). Atualmente, esses ofícios apresentam representativa demanda por profissionais especializados para o mercado de trabalho, o que contribui para o aproveitamento da mão de obra qualificada.

Uma articulação da SPD com o Sistema Nacional de Emprego/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT) viabilizará a inserção dos novos profissionais no cadastro de empregos e geração de renda.

A titular da SPD aponta as oportunidades de qualificação como fundamentais para a reinserção social e profissional dos usuários de drogas após o término do período de acolhimento, contribuindo para a recuperação e a melhoria da autoestima. O aprendizado também evita a ociosidade e reduz novas possibilidades de uso de drogas.

A capacitação será ofertada nas seguintes CTs: ONG Maria Bonita (Maracanaú), O Caminho, Vida Manará e Moradores do Henrique Jorge (Aquiraz), IVC (Maranguape), Monte Sião (Cascavel), Aliança de Misericórdia (Barbalha) e Fazenda Esperança (Sobral).