PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Supesp capacita integrantes da Polícia Civil para utilização da ferramenta tecnológica Status

17 de fevereiro de 2022 - 16:14 # # # #

Ascom SSPDS

A Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), vinculada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), realizou, na manhã desta quinta-feira (17), um treinamento para integrantes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) sobre a utilização do Sistema Tecnológico para Acompanhamento Territorial de Unidades de Segurança (Status). A capacitação aconteceu na sede da secretaria.

Segundo o superintendente da Supesp, Dr. Helano Matos, as capacitações para as forças policiais são constantes e essenciais para otimizar a utilização das ferramentas tecnológicas por parte dos agentes de segurança. “Ações como essas facilitam o entendimento de necessidades para futuras melhorias. As ferramentas tecnológicas ajudam os tomadores de decisão a serem precisos. Precisamos entender o que pode ser melhorado no dia a dia de quem utiliza. Não adianta criar uma ferramenta e o cliente não poder executá-la da melhor forma”, afirmou Helano Matos.

Na capacitação sobre o Status, foi apresentada a forma de utilizar os painéis interno e externo da ferramenta, que orientam as forças de segurança pública nos planejamentos das ações. O gerente da Gerência de Estatística e Geoprocessamento da Supesp (Geesp/Supesp), Franklin Torres, adiantou que, com auxílio do Programa Cientista Chefe, o Status passará, em breve, por diversas mudanças.

“Vamos migrar a linguagem da plataforma Status, agregaremos novas funcionalidades para que se torne uma ferramenta mais ágil e mais completa. A partir da implementação dessas mudanças, faremos uma nova reciclagem com todos os usuários. Essa transformação é possível porque a Supesp, em conversa com os agentes de segurança, escuta as sugestões do que pode ser mudado e acrescentado ao sistema”, declarou Franklin Torres.

Segundo a delegada da PCCE, Ana Paula Barroso, conhecer melhor as ferramentas tecnológicas por meio de treinamentos, facilita o combate à violência e a precisão das decisões tomadas. “Eu acho importantíssimo e relevante para as forças de segurança trabalharem melhor a política criminal. A partir dessa compilação de dados estatísticos conseguimos aperfeiçoar a segurança pública”, afirmou a delegada.

Utilização do Status na Segurança Pública

O Status é uma ferramenta de inteligência analítica para dados criminais utilizando a ciência de dados, estatística, geoprocessamento e inteligência artificial. O foco é subsidiar as ações policiais que necessitam de estatísticas geograficamente localizadas.

Além disso, o sistema tem entre suas funcionalidades: uso de estatísticas; uso de base de dados criminais; uso de cenários; uso de bordas; apresentação visual de ambiente; análise de dados criminais; mancha criminal; análise por tipos de eventos; análise por tipo de locais; análise por série temporal.