Governador apresenta diagnóstico do Ceará Pacífico em Ação e reforça compromisso com Segurança

1 de dezembro de 2017 # # # #

André Victor Rodrigues - Repórter
Carlos Gibaja e Marcos Studart - Fotos

O governador Camilo Santana apresentou, nesta sexta-feira (1), em evento com autoridades integrantes do Comitê de Governança do Pacto por um Ceará Pacífico, os estudos do Ceará Pacífico em Ação.

No encontro, ocorrido no Centro de Eventos do Ceará, foram detalhados os avanços alcançados no combate à criminalidade, além de diagnósticos acerca dos desafios que os participantes da iniciativa terão nos próximos anos para mudar os indicadores de violência, definindo objetivos e metas por meio de políticas públicas. Também foram apresentados os livros do Ceará Pacífico, “Experiências Exitosas de Enfrentamento à Violência e à Criminalidade”, “O Cenário da Violência e da Criminalidade no Brasil e no Ceará” e “Ceará Pacífico em Ação”, envolvendo de pesquisas e deliberações do Pacto – desenvolvidos com a consultoria do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Camilo Santana destaca que as ações do Estado que envolvem o Pacto são resultado de extenso planejamento e organização de finanças realizados pelo Governo do Ceará. Só assim, garante o governador, o Estado tem conseguido manter investimentos em estrutura e oferta de empregos para reforçar as corporações, além de projetos para diversas áreas sociais que colaboram para a diminuição da criminalidade.

“Nada que o Estado tem feito é de forma aleatória. Tudo é fruto de planejamento, muitos estudos e diagnósticos, análise de experiências anteriores e exemplos bons. O nosso esforço tem sido muito grande na questão da segurança, tanto no âmbito da prevenção quanto o reforço policial, na preparação para combater a criminalidade no Estado. A ideia é que com o Ceará Pacífico a gente possa, a cada dia mais, fortalecer essa cadeia de trabalho integrado, no Judiciário, no Legislativo, para ajudar a diminuir os índices de violência. Eu não vou descansar até ver essa melhora. Queremos que o Ceará se torne o melhor estado do Brasil na área de Segurança Pública”, afirma Camilo.

Assinaturas

Além da apresentação, o chefe do Executivo assinou decretos que ampliam a garantia de direitos e aprimoram as atribuições de instâncias que atuam na segurança e atendimento social. Os decretos tratam da criação da Ouvidoria Estadual de Direitos Humanos do Estado do Ceará, do Comitê Gestor Estadual da Rede de Defesa dos Direitos Humanos, e da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), com o objetivo de realizar pesquisas e estudos para fortalecer a formulação da política e análise criminais.

Partes integrantes

Participaram do encontro do Comitê de Governança do Pacto por um Ceará Pacífico a vice-governadora e coordenadora do Ceará Pacífico, Izolda Cela, o secretariado estadual, deputados estaduais e federais, lideranças municipais, como também representantes de órgãos da Justiça e da área de Segurança atuantes no Estado.

Representantes de Tribunal de Justiça, Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, Procuradoria Geral do Estado, dentre outras partes envolvidas na iniciativa, renovaram o compromisso de seguir dando total apoio à gestão estadual nas diversas ações de segurança.

A vice-governadora Izolda Cela enfatiza o pensamento do Governo do Ceará voltado para investir na Educação e em projetos que motivam a juventude cearense, e ofereçam oportunidades longe da realidade das áreas de vulnerabilidade social. “O nosso trabalho tem sido em cima de mudar a realidade da população e buscar ferramentas para a Segurança agir de modo mais correto e eficiente”.

 

Pacto Ceará Pacífico em Ação