PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Organograma Estadual

Conforme dispõe a Lei 16.710 de 21 de dezembro de 2018 alterada pela Lei 16.863 de 15 de abril de 2019 e alterações posteriores.

NUTEC

Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará

Download
DIREÇÃO SUPERIOR
  1. PRESIDENTE
ÓRGÃO DE ASSESSORAMENTO
  1. PROCURADORIA JURÍDICA
  2. ASSESSORIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS
  3. ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL
  4. ASSESSORIA DA QUALIDADE
ÓRGÃOS DE EXECUÇÃO PROGRAMÁTICA
  1. DIRETORIA DE TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
  2. GERÊNCIA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
  3. NÚCLEO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
  4. GERÊNCIA DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS E QUÍMICA
  5. NÚCLEO DE QUÍMICA
  6. NÚCLEO DE TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
  7. GERÊNCIA DE MATERIAIS
  8. NÚCLEO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL
  9. NÚCLEO DE ROCHAS ORNAMENTAIS
  10. GERÊNCIA DE MECÂNICA, ELÉTRICA, ENERGIA E AUTOMAÇÃO
  11. NÚCLEO DE MECÂNICA E ENERGIA
  12. NÚCLEO DE ELÉTRICA E AUTOMAÇÃO
  13. DIRETORIA DE EMPREENDEDORISMO E NEGÓCIOS
  14. GERÊNCIA DE NEGÓCIOS
  15. NÚCLEO CENTRAL DE ATENDIMENTO AO CLIENTE
  16. GERÊNCIA DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA
  17. NÚCLEO DE PROJETOS
  18. NÚCLEO DE DIFUSÃO TECNOLÓGICA
ÓRGÃOS DE EXECUÇÃO INSTRUMENTAL
  1. DIRETORIA ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA
  2. GERÊNCIA ADMINISTRATIVA
  3. NÚCLEO DE LOGÍSTICA, SUPRIMENTO E PATRIMÔNIO
  4. NÚCLEO DE CONTABILIDADE E FINANÇAS
  5. GERÊNCIA DE GESTÃO DE PESSOAS
  6. GERÊNCIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO
ÓRGÃOS COLEGIADOS DE DELIBERAÇÃO SUPERIOR
  1. CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
  2. CONSELHO FISCAL
Competências

O Nutec tem como finalidade prestar serviços de pesquisa, desenvolvimento, extensão e inovação científica e tecnológica aos setores público e privado, bem como exercer atividades relacionadas com a metrologia, a normalização, a qualidade e a certificação de produtos e serviços, respeitados a legislação pertinente e os termos das delegações que lhe forem conferidas.

Compete ainda à Autarquia:

colaborar na elaboração dos planos de desenvolvimento do Estado, na área de sua competência;

executar projetos de pesquisa, inovação e desenvolvimento científico e tecnológico;

dar apoio técnico ao desenvolvimento da engenharia e da indústria;

prestar serviços de extensão, assistência, consultoria e aplicação tecnológicas ao sistema produtivo, ao Governo do Estado, bem como a outras instituições públicas federais, estaduais e municipais;

promover e realizar o empreendedorismo inovador e a transferência de tecnologias;

promover a incubação de empresas de base tecnológica e de setores tradicionais;

formar e desenvolver equipes de pesquisa para contribuir com a solução de problemas de tecnologia industrial do Estado e do País;

colaborar, em programas de graduação, especialização e pós graduação, incluindo mestrado, doutorado e pós-doutorado, com técnicos diplomados por Instituições de Ensino Superior, em áreas de interesse da ciência e da tecnologia;

celebrar convênios, contratos ou outros instrumentos jurídicos com pessoas físicas ou jurídicas, de direito público ou privado, nacionais ou estrangeiras;

prestar serviços a órgãos e entidades dos setores público e privado;

explorar, direta ou indiretamente, os resultados das pesquisas realizadas;

requerer a proteção de inovações;

negociar a cessão e licença de uso de patentes e de outros direitos de propriedade intelectual;

editar e publicar trabalhos técnicos;

realizar ensaios, análises técnicas e emitir laudos e pareceres, realizar perícias, avaliações e arbitramentos, com base nas normas técnicas vigentes;

executar pesquisas e desenvolver soluções e padrões em metrologia para os setores industrial e laboratorial;

promover todas as atividades, dentro de suas competências, atinentes às ações de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial decorrentes de acordo, convênio, contrato, delegações e transferências de programas e atribuições;

executar, no âmbito do Estado, todos os serviços de registro, aferição, fiscalização, inspeção, controle de qualidade, exame laboratorial, certificação, apreensão, guarda, interdição, auto de infração, aplicação de penalidade, julgamento, execução de dívida ativa e outros serviços técnicos, administrativos e operacionais referentes às atividades de Metrologia Legal, Normalização e Qualidade Industrial, decorrentes de acordo, convênio, contrato, delegações e transferências de programas e atribuições;

realizar, diretamente ou por meio de terceiros, seminários, congressos, treinamentos e cursos na área de sua atuação;

prover soluções em tecnologia da informação;

comercializar tecnologias e produtos oriundos de pesquisas, desenvolvimentos e inovações;

fixar e cobrar o preço dos produtos e serviços prestados;

realizar parcerias estratégicas;

Lei. nº 17.002 – DOE 29/09/2019